Museu de Arte Contemporânea de Feira de Santana comemora 23 anos com exposição de Luiz Humberto Carvalho

Artista plástico e arquiteto Luiz Humberto Carvalho, marcou a comemoração de aniversário do Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira de Feira de Santana.
Artista plástico e arquiteto Luiz Humberto Carvalho, marcou a comemoração de aniversário do Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira de Feira de Santana.
Artista plástico e arquiteto Luiz Humberto Carvalho, marcou a comemoração de aniversário do Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira de Feira de Santana.
Artista plástico e arquiteto Luiz Humberto Carvalho, marcou a comemoração de aniversário do Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira de Feira de Santana.

A abertura da exposição Retrospectiva, do artista plástico e arquiteto feirense Luiz Humberto Carvalho, marcou a comemoração de aniversário do Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira de Feira de Santana (MAC), na noite da última terça-feira (23/07/2019). As esculturas e desenhos expostos são criados a partir de materiais normalmente destinados à arquitetura e contam com a inovação dos recursos de computação gráfica.

A mostra contém 63 peças de estilo único, consideradas vanguardistas e irreverentes. Uma marca própria, facilmente reconhecida em objetos e estruturas de design arrojado, ou em construções modernas em várias cidades do Brasil e do mundo.

“Primeiramente quero dizer que me sinto honrado em expor aqui no MAC. Sobre as minhas obras, eu abordo as minhas vivências, coisas que fazem parte da minha rotina. Trago também elementos do candomblé, que é uma área muito rica em cor e movimento. Eu me inspiro no mundo, porque vivemos em uma aldeia global e temos acesso ao mundo”, destacou o artista.

O evento que marcou os 23 anos de existência do MAC contou com a presença de artistas de diferentes segmentos, políticos e personalidades.  Para Edson Machado, diretor do museu há 21 anos, trazer um artista renomado como Luiz Humberto de Carvalho é uma excelente forma de comemorar. “O Mac está aqui há anos proporcionado cultura em Feira de Santana. Só temos que celebrar. Estou feliz com o resultado alcançado”, frisou o diretor.

Ele ressalta que embora a maioria da população feirense desconheça, o monumento à heroína Maria Quitéria, localizado no cruzamento das avenidas Getúlio Vargas e Maria Quitéria, é um trabalho desenvolvido em parceria entre Luiz Humberto e Juracy Dórea. “Eu fui convidado como arquiteto e chamei Juracy para desenvolver o conceito da escultura de Maria Quitéria”, lembra Luiz Humberto.

Uma das presenças ilustres do evento, o cantor Djalma Ferreira considera o MAC um espaço cultural singular e essencial para a cidade. “Aqui a gente encontra de tudo. Música, arte plástica e urbana, dança, entre outras coisas. O Mac é o berço da cultura feirense. São 23 anos de fomento à arte”, comentou Djalma.

A exposição também faz parte da programação de aniversário da Fundação Cultural Egberto Costa, administração descentralizada da Prefeitura de Feira de Santana, e segue até o dia 24 de agosto.

Exposição Retrospectiva, do artista plástico e arquiteto feirense Luiz Humberto Carvalho.
Exposição Retrospectiva, do artista plástico e arquiteto feirense Luiz Humberto Carvalho.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111141 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]