Agricultura familiar da Bahia se consolida como vetor de desenvolvimento do Estado

Agricultura familiar da Bahia se consolida como vetor de desenvolvimento do Estado.
Agricultura familiar da Bahia se consolida como vetor de desenvolvimento do Estado.
Agricultura familiar da Bahia se consolida como vetor de desenvolvimento do Estado.
Agricultura familiar da Bahia se consolida como vetor de desenvolvimento do Estado.

Nesta quinta-feira (25/07/2019), Dia Internacional da Agricultura Familiar, instituído pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), a Bahia se destaca por ser o estado que abriga o maior número de propriedades rurais (mais de 700 mil), e pelo volume de recursos aplicados no segmento pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que nos últimos quatro anos ultrapassa R$ 1,2 bilhão, aplicado em políticas públicas de inclusão e transformação social do meio rural, colocando a agricultura familiar como protagonista e um dos principais vetores de desenvolvimento do estado.

Responsável por 70% dos alimentos consumidos pelos baianos, a agricultura familiar segue avançando na produção de produtos in natura e processados. Hoje, é possível encontrar desde o alface, tomate, frutas, até produtos diferenciados como azeite de licuri, palmito, cervejas artesanais de licuri e de umbu, chocolates sem lactose, geleia de mel de cacau, doces variados, produtos lácteos, cortes nobres de caprinos e ovinos, dentre outros. São alimentos mais saudáveis, produzidos com o cuidado com o meio ambiente e a geração de renda para mais de 3 milhões de baianos que vivem da agricultura familiar.

Na Bahia, a data está sendo celebrada com diversos eventos e ações. Em Salvador, na Arena Fonte Nova, 16 cooperativas e associações da agricultura familiar participam de mais uma edição da SuperBahia, a maior feira do varejo de alimentos do Norte-Nordeste do Brasil, com a expectativa de gerar negócios para o segmento e, consequentemente, renda para os agricultores familiares.

No hotel Mercure, no bairro do Rio Vermelho, a agricultura familiar está presente no evento Mesa ao Vivo Bahia, que reúne chefs de cozinha e o público amante de gastronomia. Na Praça da Piedade, no centro da capital baiana, acontece, até sábado (27), a Feira Estadual da Reforma Agrária, com a comercialização de produtos dos assentamentos e acampamentos de todo o estado da Bahia.

O secretário de Desenvolvimento Rural, Josias Gomes, enfatiza que os investimentos do Governo do Estado deram relevância para agricultura familiar, considerado um segmento importante da economia do estado. “Temos muito a comemorar, pois há significativos aumentos da produtividade, melhoria nas condições de vida das pessoas, aumento na produção agrícola, e o que é mais relevante, o agricultor estando no seu local de origem, trabalhando, produzindo com condições de disputar mercados cada vez mais importantes”, afirma o titular da SDR, citando como exemplo a Cooperativa Mista dos Pequenos Cafeicultores de Barra do Choça e Região (Cooperbac), de Barra do Choça, que vai exportar café para China.

Célia Firmo, coordenadora do Fórum da Agricultura Familiar, observa que os últimos anos o desenvolvimento rural foi alavancado a partir de ações estruturantes e estratégicas: “O Estado da Bahia possui importante papel para o fortalecimento da Agricultura Familiar, sendo o primeiro a implantar uma secretaria específica para pensar e atender as necessidades dos povos do campo”.

Impacto na economia

O diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), órgão vinculado à SDR, Wilson Dias, enfatiza que o resultado os investimentos do Governo do Estado pode ser visto no aumento da produção da agricultura familiar, com a  implantação de agroindústrias: “O Estado está antenado e totalmente comprometido com esse crescimento e com essa maturidade que os agricultores familiares estão alcançando, que está se refletindo não somente na renda individual de cada família, mas também provocando impacto na economia dos municípios a partir do aumento de renda e de produção”.

A oferta de assistência técnica e extensão rural (Ater), acesso à terra e água para produção, inclusão produtiva, fomento à produção e qualificação dos processos produtivos, implantação de agroindústrias, acesso ao mercado, inclusão de jovens, mulheres, povos e comunidades tradicionais e segurança alimentar do rebanho são algumas ações executadas pela SDR para fortalecer a agricultura familiar.

Celebração no interior

Nesta quinta-feira, no município de Caetité, foi realizada mais uma edição do seminário  Parceria Mais Forte – Governo do Estado e Sociedade Civil juntos pela Agricultura Familiar, que vem sendo realizado pela SDR em todos os Territórios de Identidade para debater com gestores públicos e a sociedade civil  iniciativas que possam continuar impulsionando a agricultura familiar da Bahia. Durante o evento, foram entregues 214 títulos de terra para agricultores da região, e 150 mil mudas de palmas para segurança alimentar do rebanho, a fim dinamizar os processos de produção com insumos de elevada qualidade.

Em Itacaré, tem início o Festival Sabores de Itacaré, com o tema Agricultura Familiar e a Gastronomia de Raiz, um dos eventos gastronômicos mais importantes da Bahia. A estimativa dos organizadores é que cerca de 20 mil pessoas prestigiem o festival, que segue até o domingo (28), conta com o apoio do Governo do Estado, por meio da CAR/SDR e da Secretaria de Turismo (Setur).

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110945 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]