Vereador critica secretário Carlos Borges Júnior devido as contradições envolvendo obras do Shopping Popular de Feira de Santana

José Menezes (Zé Filé): o secretário ou é um mentiroso ou não tinha conhecimento do projeto.

José Menezes (Zé Filé): o secretário ou é um mentiroso ou não tinha conhecimento do projeto.

O vereador José Menezes (Zé Filé, DEM), na sessão ordinária desta quarta-feira (19/06/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, teceu duras críticas ao secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, devido as contradições envolvendo a obra do Shopping Popular.

“Eu busco a verdade, o esclarecimento dos fatos. São 1.802 camelôs cadastrados e com direito aos boxes. Primeiro foi divulgado que seriam 30 lojas para serem comercializadas, depois 300 lojas, agora se tornou 5 mil metros. Se fosse dividido, estes 5 mil metros dariam mais 1.200 boxes”, disse.

O parlamentar lembrou que quando foi apresentado um requerimento pedindo que uma maquete do projeto do Shopping Popular fosse levada a Câmara, o mesmo não foi aprovado.

Zé Filé afirmou que durante a visita de uma comissão de vereadores as obras do empreendimento, o secretário Borges Júnior garantiu que seriam apenas 30 lojas âncoras. “O secretário ou é um mentiroso ou não tinha conhecimento do projeto”, indagou.

“Vai ser um Shopping de rico. O pobre que estiver lá vai ter de sair. A taxa cobrada será tão alta, que o pobre não vai conseguir pagar”, analisou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]