Vereador cobra que prefeitura de Feira de Santana realize campanha de incentivo ao Junho Vermelho e solicita cumprimento e divulgação de leis municipais

Luiz Augusto (Lulinha): têm leis nossas que deveriam estar sendo aplicadas na cidade e divulgadas. A Prefeitura deve fazer essa divulgação.
Luiz Augusto (Lulinha): têm leis nossas que deveriam estar sendo aplicadas na cidade e divulgadas. A Prefeitura deve fazer essa divulgação.
Luiz Augusto (Lulinha): têm leis nossas que deveriam estar sendo aplicadas na cidade e divulgadas. A Prefeitura deve fazer essa divulgação.
Luiz Augusto (Lulinha): têm leis nossas que deveriam estar sendo aplicadas na cidade e divulgadas. A Prefeitura deve fazer essa divulgação.

Fazendo alusão ao Junho Vermelho – mês de incentivo a doação de sangue em todo país – o vereador Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM), solicitou que o Poder Público de Feira de Santana realize uma campanha de incentivo durante o mês.

Lulinha aproveitou seu tempo na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (04), para incentivar o ato entre os feirenses.

“Esse é um mês que, infelizmente, acontecem muitos acidentes, consequentemente os hospitais precisam realizar transfusão de sangue. Quem puder doe sangue, doe vida. Durante três dias o ônibus do HEMOBA estará no estacionamento da Prefeitura. Então compareçam para a doação. Fazer o bem só nos engrandece. O Junho Vermelho merecia mais atenção por parte do Município, infelizmente não teve”, comentou Lulinha.

O vereador Luiz Augusto pediu que as leis de sua autoria sejam cumpridas na cidade, especialmente a do Junho Vermelho, que visa a doação de sangue.

“Têm leis nossas que deveriam estar sendo aplicadas na cidade e divulgadas. A Prefeitura deve fazer essa divulgação. Por exemplo, a Lei do Plantio da Citronela, uma planta que combate à dengue. Peço ao Executivo, que quando for fazer plantio, que faça o da citronela. Outra lei de minha autoria é a Prática de Bons Atendimentos em Órgãos Públicos em Feira de Santana, que é de grande importância”, pontuou Lulinha.

E continuou. “Temos agora em junho o Junho Vermelho, que incentiva à doação de sangue. As secretarias de Educação e Saúde devem colocar faixas sobre a  lei, pois sabemos da necessidade desta doação, principalmente este mês onde há muitos acidentes e queimaduras por conta das festas juninas. Conseguimos marcar três dias com o Hemoba para doação de sangue, são eles: 17,18 e 19 de junho, em frente à Prefeitura. É importante que a imprensa divulgue isso, pois tem faltado sangue”, disse.

Ainda segundo o edil, as secretarias devem divulgar as leis aprovadas na Câmara. “O Hemoba hoje é dentro de um ônibus e os doadores ficam ao relento. Sabemos que os infectados com dengue precisam de sangue. Projeto simples e importante, que deveria ter o destaque da secretaria de Saúde e Comunicação. Espero que as Secretarias competentes divulguem nossas leis e que sejam cumpridas, tenham efeito. Não precisa que o vereador fique pedindo, todos os dias, a aplicação das leis; se foram aprovadas devem ser cumpridas”, concluiu.

Em aparte, o edil Luiz da Feira (PPL) parabenizou o colega pelo discurso e lembrou do Dezembro Vermelho, lei de sua autoria, que luta contra o crescimento dos casos de HIV na cidade. “Era para fazer um evento grande e eu tive que bancar, porque a Secretaria de Saúde disse que não tinha como fazer”, findou.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108791 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]