Senador Fabiano Contarato censura ministro Sérgio Moro por evidente conluio com membros do MPF no âmbito do Caso Lava Jato

Fabiano Contarato (Rede-ES), senador da República, criticou severamente o ministro Sérgio Moro.
Fabiano Contarato (Rede-ES), senador da República, criticou severamente o ministro Sérgio Moro.
Fabiano Contarato (Rede-ES), senador da República, criticou severamente o ministro Sérgio Moro.
Fabiano Contarato (Rede-ES), senador da República, criticou severamente o ministro Sérgio Moro.

Durante audiência pública da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado ocorrida nesta quarta-feira (19/06/2019), o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) criticou severamente Sérgio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública do Governo Bolsonaro. Ele avaliou que troca de mensagens entre o então juiz Sérgio Moro e procuradores da República, membros da força-tarefa do Caso Lava Jato, violou o Devido Processo Legal e os princípios da independência, neutralidade e imparcialidade na atuação do magistrado.

Confira vídeo

 

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9607 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).