Revista Época dedica série de reportagens sobre o Desgoverno Bolsonaro; Matéria de capa apresenta ex-ministro militar Santos Cruz e a sentença “é um show de besteiras” a gestão de Jair Bolsonaro

Capa da Revista Época destaca entrevista com o general e ex-ministro Carlos Alberto dos Santos Cruz, com título ‘É um show de besteiras’ a gestão de Jair Bolsonaro.Capa da Revista Época destaca entrevista com o general e ex-ministro Carlos Alberto dos Santos Cruz, com título ‘É um show de besteiras’ a gestão de Jair Bolsonaro.
Capa da Revista Época destaca entrevista com o general e ex-ministro Carlos Alberto dos Santos Cruz, com título ‘É um show de besteiras’ a gestão de Jair Bolsonaro.

Capa da Revista Época destaca entrevista com o general e ex-ministro Carlos Alberto dos Santos Cruz, com título ‘É um show de besteiras’ a gestão de Jair Bolsonaro.

A edição da Revista Época veiculada nesta quinta-feira (20/06/2019) apresenta série de reportagens sobre o Governo Bolsonaro, com destaque para entrevista com Carlos Alberto dos Santos Cruz, militar, general, demitido por Jair Bolsonaro da função de ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência do Brasil. Na matéria de capa a sentença “É um show de besteiras” a gestão de Jair Bolsonaro.

Além da entrevista com o general e ex-ministro Santos Cruz, a Revista Época veicula entrevista com título ‘General demitido dos Correios rebate presidente Jair Bolsonaro: ‘Não fui sindicalista’’ e as reportagens ‘Vereador Carlos Bolsonaro empregou no Rio de janeiro parentes da madrasta que viviam em Minas Gerais’ e ‘O cabide de empregos criado pelos Bolsonaros nos últimos 20 anos’.

Constatação de um desgoverno

A reportagem de capa da Revista Época é uma constatação dos fatos e análises publicados na série de matérias veiculadas pelo Jornal Grande Bahia (JGB), em que são abordados os diversos aspectos do Desgoverno Bolsonaro, dentre eles retrocesso na economia, educação, direitos trabalhistas, civis e dos povos tradicionais, política de incentivo de letalidade por arma de fogo, promoção do desemprego estrutural, desinvestimento, entrega de capital monopolista à grupos internacionais, envenenamento da população com a liberação de agrotóxicos de alta letalidade e favorecimento do agronegócio e da mineração, que resultam em elevada degradação do meio ambiente do Brasil, com intensos impactos negativos na qualidade de vida da população.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).