Presidente Jair Bolsonaro reconhece que governo não tem dinheiro, apesar das vendas das estatais e dos bilhões de reais arrecadados; Má gestão do país leva a colapso das contas públicas

Jair Bolsonaro (PSL-RJ), presidente da República, prossegue com política recessiva, que resulta em desaceleração econômica e desemprego estrutural.
Jair Bolsonaro (PSL-RJ), presidente da República, prossegue com política recessiva, que resulta em desaceleração econômica e desemprego estrutural.
Jair Bolsonaro (PSL-RJ), presidente da República, prossegue com política recessiva, que resulta em desaceleração econômica e desemprego estrutural.
Jair Bolsonaro (PSL-RJ), presidente da República, prossegue com política recessiva, que resulta em desaceleração econômica e desemprego estrutural.

O presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado (08/09/2019) que, sem a aprovação pelo Congresso Nacional do projeto de crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões (PLN 4/19), o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado a idosos de baixa renda e pessoas com deficiência, terá que ser suspenso dia 25 deste mês.

“Sem aprovação do PLN 4 pelo Congresso, teremos que suspender o pagamento de benefícios a idosos e pessoas com deficiência já no próximo dia 25. Nos meses seguintes faltarão recursos para aposentadorias, Bolsa Família, Pronaf [Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar], Plano Safra…”, escreveu na sua conta no Twitter.

Bolsonaro acrescentou que acredita “na costumeira responsabilidade e patriotismo dos deputados e senadores na aprovação urgente da matéria”.

Na última quarta-feira (5), depois de fracassar a tentativa para um acordo sobre o parecer do deputado Hildo Rocha (MDB-MA) ao projeto de crédito suplementar, o presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), senador Marcelo Castro (MDB-PI), suspendeu até a próxima terça-feira (11) a discussão do assunto no colegiado.

Segundo a equipe econômica do  governo, a autorização do Congresso para esse crédito extra é fundamental para garantir o pagamento de subsídios e benefícios assistenciais sem descumprir a chamada regra de ouro, que impede a emissão de dívida para pagar despesas correntes, como salários.

O governo tem pressa para ver a proposta aprovada. A expectativa do secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, é de que o Congresso vote a matéria até o dia 15 de junho, caso contrário o Plano Safra 2019/2020 também será afetado, uma vez que, sem crédito garantido, não pode sequer ser anunciado.

Dificuldade de articulação 

Com problemas de articulação política na Câmara, o governo viu a votação ser adiada mais uma vez na Comissão Mista de Orçamento. O projeto, que pede os R$ 248,9 bilhões, foi enviado para o Congresso por Paulo Guedes há mais de um mês como forma de respeitar a “regra de ouro”.

Deputados estão reticentes a aprovar o montante porque desconfiam que a equipe de Bolsonaro apresenta um quadro pior do que realmente é, segundo reportagem de Daniel Weterman, publicada no dia 17 de maio no O Estado de S.Paulo. Para o senador Jaques Wagner (PT) , o governo está provando do próprio veneno e é vítima da própria confusão na condução política.

Destruição da economia

A política econômica de extrema-direita do Governo Bolsonaro prossegue produzindo retrocesso. A venda de estatais e os bilhões arrecadados pelo governo federal não têm sido suficientes para a esbornia do governante, que prossegue com a política de privilégios do setor estatal, com remuneração de servidores incompatível com arrecadação, pagamento de juros extorsivos, com elevada transferência de riqueza do povo para os rentistas, investimento estatal nulo, dificuldade de liberação de crédito, juros extorsivos e promoção do desemprego estrutural, com baixo investimento em educação.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111138 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]