Pesquisa revela que Salvador é a capital com o menor índice de uso de celular por condutores  

Anatel notifica usuários de 15 estados sobre bloqueio de celulares.
Anatel notifica usuários de 15 estados sobre bloqueio de celulares.

Segundo dados de uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde, Salvador é a capital brasileira com o menor percentual de pessoas que usam o celular enquanto dirigem. Entre os condutores entrevistados, 14,2% afirmaram que fazem uso do aparelho ao volante. O índice soteropolitano está abaixo da média nacional, que foi de 19,5%.

“Esse dado comprova que nosso investimento em campanhas educativas e intensificação nas fiscalizações têm resultado numa mudança de comportamento da população. Ao adotar uma postura mais responsável, os condutores contribuem não somente para sua segurança, mas também para a de todos que compõem o trânsito”, afirma Fabrizzio Müller, superintendente de Trânsito de Salvador (Transalvador).

A pesquisa foi realizada pelo Ministério da Saúde em todas as capitais e no Distrito Federal. Na edição de 2018, foram entrevistadas por telefone 52.395 pessoas, maiores de 18 anos, entre fevereiro e dezembro do ano passado. Há 13 anos o Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) monitora diversos fatores de risco e proteção relacionados à saúde.

Notificações – Em todo o ano de 2018, a Transalvador registrou 35.007 notificações por uso de celular ao volante. Em 2019, até o dia 15 de junho, foram flagradas 15.946 infrações deste tipo, número que é um pouco maior do que o registrado no mesmo período do ano anterior (15.663 notificações).

As penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro para quem pratica a infração pode variar de R$ 130,16 (média – 4 pontos na CNH) a R$ 293,47 (gravíssima – 7 pontos na CNH), pois depende se o condutor está falando, manuseando ou apenas segurando o aparelho celular.

“O uso do celular ao volante é uma das principais causas de acidentes fatais no trânsito. Segundos de distração pode levar a acidentes graves. Então, é preciso que a população se conscientize ainda mais sobre esse risco para que possamos preservar vidas no trânsito”, alerta Müller.

Álcool X Direção – O estudo revelou também que Salvador é uma das cinco capitais com a menor proporção de adultos que declararam que já conduziram veículos motorizados após consumo de qualquer quantidade de bebida alcoólica. Em Salvador, 3,6% dos entrevistados afirmaram que já dirigiram após consumir bebida alcoólica. Esse dado está abaixo da média nacional que ficou em 5,3%.

Desde 2013, a Transalvador realiza diariamente blitzes da Lei Seca. Em 2018, 49.445 condutores foram abordados. Desse total, 4.732 foram autuados por dirigirem após ter consumido bebida alcoólica.  Em 2019, até o momento, 26.659 passaram pelo teste do etilômetro (popularmente conhecido como “bafômetro”) e 2.553 foram autuadas.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112723 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]