No G20, Secretário-geral da ONU pede atenção a mudanças climáticas e implementação da Agenda 2030

Secretário-Geral António Guterres discursa na Cimeira do G20 em Osaka, no Japão, em 28 de junho de 2019.

O chefe das Nações Unidas,  António Guterres, declarou a jornalistas, em Osaka, no Japão, que na reunião vai mencionar essencialmente as questões da mudança climática e da implementação da Agenda 2030, sobre as quais “estamos ficando para trás”.

Em Osaka, no Japão, o secretário-geral da ONU, António Guterres, disse que a mudança climática avança mais rápido que as ações para travar o problema.  Ele revelou nesta sexta-feira (28/06/2019) que questões serão prioritárias no seu apelo aos líderes das maiores economias do mundo e também destacará a economia global, instabilidade na região do Golfo e disputas comerciais e tecnológicas.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu mais esforços aos líderes do grupo das 20 maiores economias do mundo, G20, para lidar com as mudanças climáticas e questões relacionadas à implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

Consequências

Guterres disse que a mudança climática avança mais rápido que as ações para travar o problema, e os desastres naturais estão se tornando mais frequentes, mais intensos e mais dramáticos com consequências humanitárias piorando em todo o mundo.

O secretário-geral destacou ainda que todas as análises feitas mostram que a situação, em termos práticos, é pior do que foi prevista e que a vontade política tem falhado. Para ele, esse é um paradoxo que precisa ser ajustado.

Guterres fará um apelo aos líderes que participam na reunião para um compromisso muito mais forte de seus países para a ação climática. Ele pediu aos Estados que respeitem as medidas sugeridas pela comunidade científica para salvar o planeta.

Recursos

O outro apelo feito à comunidade internacional é que acelere a mobilização de todo o tipo de recursos para implementar a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

O chefe da ONU enfatizou o papel do setor privado para que possam ser alcançadas essas metas e destacou que sem este segmento “seria impossível alcançar esses objetivos.”

Em 2015, os países adotaram a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e 17 objetivos mobilizar esforços para o fim da pobreza, combate às desigualdades e às mudanças climáticas, para garantir que ninguém seja deixado para trás.

Mecanismos

Guterres disse que muito ainda precisa ser feito para aumentar a conscientização e mostrar as oportunidades que existem e criar mecanismos para reduzir os riscos.

Dos líderes do G20, o representante espera ainda que possam usar essa plataforma multilateral para tratar de preocupações da ONU, como incertezas na economia global, instabilidade na região do Golfo e disputas comerciais e tecnológicas.

*Com informações da ONU News.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]