Feira de Santana: Museu Casa do Sertão promove mostra sobre Santo Antônio e religiosidade

Cartaz anuncia Mostra Santo Antonio no Museu Casa do Sertão.Cartaz anuncia Mostra Santo Antonio no Museu Casa do Sertão.
Cartaz anuncia Mostra Santo Antonio no Museu Casa do Sertão.

Cartaz anuncia Mostra Santo Antonio no Museu Casa do Sertão.

O Museu Casa do Sertão, localizado no Campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), convida a comunidade para a exposição ‘Antônio querido! História e religiosidade popular’. Com abertura marcada para esta quinta-feira (13/06/2019), às 9 horas, a mostra permanece em cartaz até 17 de julho, apresentando aspectos da religiosidade popular na devoção doméstica, com o uso de imagens do Santo Católico Santo Antônio.

A exposição ficará instalada no espaço do Museu denominado ‘Quarto dos Santos’, onde o público poderá apreciar peças como fotografias da construção da Igreja de Santo Antônio dos Capuchinhos, localizada em Feira de Santana, além da introdução de elementos relativos à devoção antonina. Dentre os elementos expostos, destaque para denominações do Santo, como o ‘Pai dos Pobres’ e o ‘Santo Casamenteiro.

Aos visitantes será distribuído material sobre aspectos da história que cerca Santo Antônio, inclusive em Feira de Santana, pois o município possui reconhecido culto, retratado em diversos logradouros com o nome do santo. Para além da observação da lista dos topônimos, a partir de pesquisas realizadas no acervo da Biblioteca Setorial Monsenhor Galvão do Museu Casa do Sertão, são apresentados registros de uma devoção antonina na região, conforme destaca a historiadora Cristiana Barbosa, do Museu Casa do Sertão.

Manifestações culturais

No verbete ‘Antônio’, do Dicionário do Folclore Brasileiro, Câmara Cascudo, historiador e antropólogo brasileiro, afirma este santo um dos de devoção mais popular do país.  Cascudo acrescenta que o culto antonino se divulgou e fixou ainda no período colonial e se difundiu através dos tempos.

Nas trezenas, período de treze dias oferecidos ao santo, inúmeras preces e leituras (sobre passagens da sua vida) são repetidas em paróquias, comunidades e em oratórios particulares do dia primeiro ao 13 do mês de junho, data celebrativa da sua morte. A religiosidade popular em torno da figura de Santo Antônio envolve manifestações culturais, como festa e lazer, trabalho e sobrevivência, doença e morte, amor, alegria e tristeza. Trata-se do modo do viver do povo, em especial dos seus devotos, e não curiosidades, comumente abordadas

O mês de junho para o nordestino, notadamente o sertanejo, é tempo de festa, quando o calendário de comunidades celebra os frutos do trabalho. Festa popular atraente e alentada por satisfação geral, repousa, também, na tradição católica de comemorar os santos com destaque para os louvores ao lisboeta mais brasileiro de todos, Santo Antônio, que inaugura o ciclo dos festejos juninos.

Agenda

O que: Mostra sobre Santo Antônio e religiosidade

Quando: 10 de junho, às 9 horas

Onde: Museu Casa do Sertão

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]