Dia Mundial de Conscientização Sobre Doença Falciforme é comemorado em Feira de Santana

Pacientes e a equipe do Centro de Referência Municipal a Pessoa com Doença Falciforme participaram de confraternização com tema junino.
Pacientes e a equipe do Centro de Referência Municipal a Pessoa com Doença Falciforme participaram de confraternização com tema junino.
Pacientes e a equipe do Centro de Referência Municipal a Pessoa com Doença Falciforme participaram de confraternização com tema junino.
Pacientes e a equipe do Centro de Referência Municipal a Pessoa com Doença Falciforme participaram de confraternização com tema junino.

O Dia Mundial de Conscientização Sobre Doença Falciforme foi animado com comidas típicas da época junina e muito forró em Feira de Santana, nesta quarta-feira (19/06/2019). Reunindo pacientes e a equipe do Centro de Referência Municipal a Pessoa com Doença Falciforme, a festa contou com a presença do prefeito Colbert Martins Filho.

O clima era de festa e confraternização, mas também de conscientização. O desejo do Governo Municipal, em ampliar os atendimentos e, principalmente, a construção de uma sede própria, hoje funciona em prédio do Centro Social Urbano (CSU), no Bairro Cidade Nova, foram as palavras do prefeito para todos os presentes.

“Como sou médico, tenho uma sensibilidade maior nesta área. Estamos lutando para conseguir essa construção e vamos avançar nisso. Além de tentar trazer mais serviços e beneficiar essas pessoas que são assistidas pelo Centro de Referência”, destacou o gestor municipal.

O prefeito lembrou que está buscando a implantação do Centro de Terapia Celular no Tratamento de Lesões Ósseas na Anemia Falciforme. O professor Gildasio Daltro, titular da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) seria o responsável pelo serviço.

O programa consiste em promover tratamento das alterações ósseas de cartilagem e traumas com o uso da célula-tronco, e está interligado à Universidade de Paris e à Comunidade Europeia. O Hospital Dom Pedro de Alcântara, outra referência no tratamento da doença, seria o local da instalação.

Melhora na qualidade de vida

O vice-presidente da Associação Feirense da Pessoa com Doença Falciforme, José Carlos, destacou a melhora da sua qualidade de vida depois que começou a ser acompanhado pelo Centro de Referência Municipal a Pessoa com Doença Falciforme.

“Estou há mais de dois anos sendo assistido e percebi uma melhora significativa após esses atendimentos. Como faço parte da associação, percebo isso em outras pessoas também”, afirmou.

Segundo a coordenadora do Centro de Referência, Luciana Brito, o equipamento tem 430 pacientes cadastrados sendo acompanhados. Os pacientes contam com atendimento de uma equipe multidisciplinar formada por clínico geral, hematologista, nutricionista, assistente social, enfermeiros, psicólogo, técnicos de enfermagem, entre outros profissionais. O programa é mantido apenas com recursos da Prefeitura de Feira de Santana, sem contrapartida estadual, federal ou de outros municípios.

O evento contou também com a presença dos secretários municipais, Denise Mascarenhas (Saúde), Edson Borges (Cultura, Esporte e Lazer) e Justiniano França (Serviços Públicos); e também da vereadora Neinha Bastos.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112630 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]