Brasil fica no 0x0 com a Venezuela e sai vaiado de campo pela torcida em Salvador

Brasil empata com A Venezuela pela segunda rodada da Copa América 2019.

Brasil empata com A Venezuela pela segunda rodada da Copa América 2019.

Os 40 mil torcedores que compareceram à Arena Fonte Nova, em Salvador, saíram frustrados depois do empate de 0 a 0 no jogo entre Brasil e Venezuela. A equipe comandada por Tite teve dois gols anulados pelo VAR e saiu de campo vaiada pela torcida.

O Brasil continua na liderança do Grupo A pelo saldo de gols, mas desagradou os torcedores com uma atuação fraca no primeiro tempo. A marcação cerrada dos venezuelanos Vinotinto, Osorio e Villanueva não deixava o time avançar e frustrou as finalizações a gol.

No segundo tempo, Gabriel Jesus até estreou o placar depois de uma bola certeira vinda de Firmino aos 15 minutos, mas o gol foi anulado pelo árbitro de vídeo. O mesmo Firmino também marcou no fim do segundo tempo, mas mais uma vez o VAR entrou em campo e cancelou o gol.

Irritada, a torcida brasileira vaiou os jogadores e gritou ‘olé’ quando os venezuelanos tocavam na bola. O resultado deixa o Brasil empatado com o Peru com 4 pontos, mas a Seleção segue na liderança pelo saldo de gols. As duas equipes se enfrentam já no próximo sábado na Arena Corinthians em São Paulo. A Venezuela vem em 3º, com 2 empates e a lanterna fica com a Bolívia, que segue sem vitórias e com um saldo negativo de -5 gols.

Mesmo com o anúncio do Comitê Organizador Local de que os ingressos para a partida estavam esgotados, o público pagante foi de 39.622 torcedores, bem abaixo da lotação máxima da Arena Fonte Nova (48.435). No jogo com a Bolívia, o COL chegou a emitir nota se desculpando por não ter disponibilizado todos os bilhetes para venda e se comprometendo.

Jogadores escalados do Brasil

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro (Fernandinho), Arthur e Philippe Coutinho; Richarlison (Gabriel Jesus), Roberto Firmino e David Neres (Everton).

O jogo

O Brasil tomou conta do primeiro tempo na Arena Fonte Nova. Durante boa parte, chegou a ter 82% de posse de bola sobre os venezuelanos. O zero no placar não refletiu de fato a realidade em campo. A primeira chance de abrir o placar foi aos 15 minutos: Arthur acionou David Neres na esquerda. O camisa sete chegou batendo cruzado e tirou tinta da trave de Fariñez. No minuto seguinte foi a vez de Richarlison aparecer pela direita, invadir a área e chutar cruzado para defesa de Fariñez. O único momento de perigo do adversário na etapa inicial foi aos 18 minutos, quando Rondón ganhou de Marquinhos no alto e cabeceou rente à trave direita de Alisson. Quase no fim, aos 37, Firmino chegou a balançar as redes, mas o árbitro Julio Bascuñan marcou a falta do atacante brasileiro no lance.

Antes do início do segundo tempo, o técnico Tite promoveu a primeira substituição: colocou Gabriel Jesus no lugar de Richarlison. E o camisa nove por pouco não alterou o placar aos 15 minutos. Começando em ritmo forte, ele até estufou as redes, mas, após auxílio do VAR e revisão no monitor, Julio Bascuñan anulou o gol de Jesus, alegando posição irregular de Firmino, autor do passe. Mais cedo, aos 13 minutos, Tite já havia feito outra alteração, ao trocar Casemiro por Fernandinho. Logo depois, o treinador realizou sua última mudança: tirou David Neres para a entrada de Everton. Mas foi novamente com Gabriel Jesus que a Seleção quase tirou o zero do placar. Na marca dos 30 minutos, Everton cruzou rasteiro pela direita, Jesus apareceu para finalizar e foi derrubado na área. O árbitro nada viu e mandou seguir.

Já nos minutos finais, a Canarinho teve mais um gol anulado com o auxílio do árbitro de vídeo. Com 43 minutos, Everton fez bela jogada individual pela esquerda, deixou dois marcadores para trás, foi à linha de fundo e cruzou para o meio. Coutinho apareceu e mandou para o gol. Porém, a arbitragem entendeu que Firmino, que desviou a bola antes de entrar, estava em posição de impedimento e anulou outro gol brasileiro. No último lance, Coutinho cobrou escanteio na medida para Fernandinho, que foi lá no alto e cabeceou forte. Mas a bola passou rente à trave direita de Fariñez.

*Com informações da Agência Sputnik Brasil.

Brasil empata com A Venezuela pela segunda rodada da Copa América 2019.

Brasil empata com A Venezuela pela segunda rodada da Copa América 2019.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]