Academia de Educação de Feira de Santana empossa membros; Professor Cristiano Lôbo da Silva assume cadeira do ex-ministro da Educação Eduardo Matos Portela

Professor Cristiano Lôbo da Silva (direita), diretor de Operações da Rede FTC, é empossado na Academia de Educação de Feira de Santana.
Professor Cristiano Lôbo da Silva (direita), diretor de Operações da Rede FTC, é empossado na Academia de Educação de Feira de Santana.
Solenidade de posse dos novos membros da Academia de Educação de Feira de Santana, ocorrida nesta quinta-feira (06/06/2019).
Solenidade de posse dos novos membros da Academia de Educação de Feira de Santana

A luz do conhecimento ilumina e transforma tudo – as pessoas, as relações, uma comunidade, a vida. E, na noite desta quinta-feira (06/06/2019), este valor inestimável alçou suas luzes para a Academia de Educação de Feira de Santana. Numa cerimônia bastante concorrida, que aconteceu no auditório Professora Terezinha Mamona, da FTC Feira de Santana, tomaram posse cinco novos acadêmicos que passaram a integrar aquela instituição.

O ingresso dos novos membros favorece também a possibilidade de compartilhar conhecimento entre gerações diversas, algo singular numa instituição como as academias. Dentre os novos acadêmicos, está o professor Cristiano Lôbo da Silva, diretor de Operações da Rede FTC, e outras quatro personalidades importantes do âmbito educacional.

Após a diplomação e juramento, os acadêmicos receberam a tradicional pelerine, medalha e diploma, honrarias características da Academia da Educação.

Em nome da instituição, coube ao ex-prefeito de Feira de Santana, José Raimundo Pereira de Azevedo, apresentar a trajetória dos novos integrantes, dando especial foco ao desenvolvimento profissional de cada um deles. “Os novos acadêmicos carregam um traço em comum em suas vidas: um currículo marcado por feitos exitosos em vários setores da Educação”, destacou.

Ao dar as boas vindas aos novos confrades, José Raimundo citou o ilustre jurista baiano Ruy Barbosa com a frase em que ressalta que “o ensino, como a justiça, prospera e vive muito mais realmente da verdade e moralidade, com que se pratica, do que das grandes inovações e belas reformas que se lhe consagrem”.

Em seu discurso, o professor mestre Cristiano Lôbo da Silva, que assumiu a cadeira de número 31, recordou sonhos e anseios da infância na vizinha cidade de Santo Estevão, onde foi criado e encontrou sustentáculo familiar para crescer profissionalmente.

Há 20 anos superando desafios nas diversas funções acadêmicas e de gestão que assumiu na FTC, o engenheiro agrônomo e mestre em Ciências Agrárias tornou-se, ainda jovem, o principal responsável por uma série de mudanças na faculdade, dentre as quais, a transformação da instituição em Centro Universitário. A Rede FTC conta atualmente com 30 mil estudantes universitários.

Ao destacar o patrono da sua cadeira, Eduardo Matos Portela, que foi ministro da Educação, Cristiano Lôbo se comprometeu “a continuar dedicando minha vida ao ofício de aprender, como bem nos inspira a poeta Cora Coralina: amando o que faço e feliz por transferir o que sei. Sou mesmo é acadêmico, acadêmico da Academia de Educação”, contentou-se.

Membros renomados

O acadêmico Jorge Aliomar Barreiros Dantas, novo integrante da cadeira de número 5, substitui o escritor e ex-diretor geral do Jornal A Tarde, Edivaldo Machado Boaventura, falecido ano passado. A cadeira tem na figura da professora Edith Machado Boaventura sua patronesse.

Professor pleno da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), mais alta titulação dentro da academia, Jorge Aliomar, disse que “a nova função permite um reconhecimento honroso à carreira”. O doutor em Administração reconheceu também a missão de reverenciar o nome do jornalista, imortal da Academia de Letras da Bahia e professor Edivaldo Machado Boaventura.

Em seguida, a professora Ana Angélica Vergne de Moraes, que durante décadas atuou como professora de Literatura também da UEFS, assumiu a cadeira de número 29, cujo patrono coincidentemente é Edivaldo Machado Boaventura. De forma poética, Ana Angélica falou de fé e dos desafios que marcam a trajetória dos profissionais de Educação, traçando um paralelo ao momento político enfrentado pelo país.

Ana Angélica vislumbrou no novo compromisso como acadêmica “a chance de contribuir de forma alegre e generosa com a oferta de uma educação inclusiva e de qualidade nesta cidade que aprendi a amar e na qual vivo há 50 anos”, destacou. Por fim, a professora encontrou nos recursos próprios da arte e na canção do poeta Gonzaguinha o ensejo para falar da fé, imprescindível para quem milita no vasto mundo do conhecimento: “nunca se entregue, nasça sempre com as manhãs… fé na vida, fé no homem, fé no que virá”.

Nova ocupante da cadeira 30, a professora Maria José Pacheco de Andrade Costa foi destacada pela sua paixão e firmeza no ofício. No posto – que tem na educadora Joselice Macedo de Barreiros sua patronesse – reafirmou seu anseio de servir à comunidade de Feira de Santana e falou da gratidão de ter encontrado no ofício de ensinar sua realização profissional e também como ser humano.

Formada em Ciências, a funcionária pública aposentada Marilene Carneiro Barreto foi empossada como acadêmica benemérita. Aprovada unanimemente pelos membros da instituição, ela é merecidamente reconhecida pelos serviços prestados de maneira voluntária à Academia desde sua fundação, em 2008.

Marilene, que foi a primeira funcionária da UEFS, torna-se também a primeira acadêmica benemérita da Academia de Educação de Feira de Santana. Moradora de Feira de Santana desde 1964, falou da sua realização profissional e da sua trajetória como secretária executiva à frente de importantes setores da universidade e na assessoria aos primeiros seis reitores da universidade feirense.

De forma entusiasmada, o presidente da Academia, professor Josué da Silva Mello, expressou a alegria de receber novos e tão importantes membros. Destacou características pessoais de cada um deles e o novo vigor pelo qual a instituição deve passar: “vamos aprender de novo – com as inteligências e experiências diversas dos novos acadêmicos”. Enumerou as atividades da instituição em prol de Feira de Santana, discutindo os problemas e anseios mais comuns da região e da história deste município, sempre no âmbito da educação.

Presenças ilustres e homenagem

Dinâmica, a solenidade foi prestigiada por uma série de autoridades, dentre as quais, o diretor geral da FTC Itabuna, Kaminsky Mello Cholodovskis, que, em nome desta instituição, homenageou o professor Cristiano Lôbo com uma placa pelos serviços prestados àquela unidade de ensino.

Estiveram presentes também o ex-prefeito de Feira, José Ronaldo de Carvalho; a professora Marcly Amorim Pizzani, diretora do Centro Universitário UniFTC; o poeta Franklin Maxado; o professor Astor de Castro Pessoa, presidente da Academia Baiana de Educação; a professora Lélia Vítor Fernandes de Oliveira, presidente da Academia de Letras e Artes de Feira; o monsenhor Luiz Rodrigues Oliveira, pároco da Igreja Senhor dos Passos; Washington Farias de Cerqueira, diretor da Academia Macônica de Letras/Região Cacaueira; Liacelia Pires Leal, presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Feira de Santana.

Os músicos Carla e Marcel Torres encheram o auditório de música, entoando o Hino Nacional Brasileiro; o Hino à Feira de Santana e canções da Música Popular Brasileira.

Professor Cristiano Lôbo da Silva (direita), diretor de Operações da Rede FTC, é empossado na Academia de Educação de Feira de Santana.
Professor Cristiano Lôbo da Silva (direita), diretor de Operações da Rede FTC, é empossado na Academia de Educação de Feira de Santana.
Josué da Silva Mello, ex-reitor da UEFS e primeiro diretor da FTC de Feira de Santana.
Josué da Silva Mello, ex-reitor da UEFS e primeiro diretor da FTC de Feira de Santana.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112592 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]