Hackathon: Jovens da Bahia participam de maratona de programação com duração de 36 horas

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Mesa de abertura da edição 2019 do Desafios Bahia Hackathon.
Mesa de abertura da edição 2019 do Desafios Bahia Hackathon.
Mesa de abertura da edição 2019 do Desafios Bahia Hackathon.
Mesa de abertura da edição 2019 do Desafios Bahia Hackathon.

O desafio está lançado! Diversos estudantes de universidades e institutos públicos e privados se reuniram na manhã deste sábado (04/05/2019), na antiga sede da EBDA, no bairro de Itapuã, em Salvador, para participar de mais uma edição do Desafios Bahia Hackathon. Com apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o Hackathon, que é uma maratona de programação com objetivo de buscar soluções inovadoras para problemas do cotidiano, traz, desta vez, o tema solidariedade.

Com organização do Grupo Bagunçaço e do Centro de Estudos do Subúrbio, a maratona deve durar 36 horas até o final da tarde deste domingo (05), quando serão conhecidos os vencedores. Sete equipes participam do desafio, sendo três do interior do estado, das universidades de Feira de Santana (UESF), do Sudoeste (UESB) e do Recôncavo (UFRB) e outras quatro da capital (UFBA, IFBA, Unijorge e UNEB). A equipe que ficar em primeiro lugar será premiada com um cheque no valor de R$ 3 mil, enquanto segundo e terceiro colocados irão receber R$ 1 mil e R$ 500, respectivamente.

Organizador do evento por parte do Centro de Estudos do Subúrbio, Alisson Souza ressalta a expectativa para que as equipes encontrem soluções práticas para os problemas das ONGs. Estes problemas estão concentrados nos setores de gestão do voluntariado, comunicação, documentação e capacitação. “Diante do que foi exposto, o objetivo é ver essa problemática e de que forma esse saber das universidades e da juventude pode contribuir para amenizar ou resolver esse problema”, diz.

Para Washington Rocha, superintendente de Desenvolvimento Científico da Secti, é importante fomentar a participação de jovens em maratonas como o Hackathon. “Essa é uma iniciativa que estamos imbuídos em apoiar e pretendemos tornar mais frequente”, garante, sendo endossado por Sócrates Santana, que organiza os hackathons pela Secti. “Temos um desafio que é criar essa cultura de colaboração dos diferentes atores do nosso ecossistema de CT&I. Esses ambientes são importantes também para aproximar as instâncias governamentais desse espaço mais fluido e colaborativo”.

Além dos representantes da Secti, o superintendente de Desenvolvimento Científico Washington Rocha, e o assessor da Coordenacao de Articulação ao Institucional Sócrates Santana, também participaram da abertura do Hackathon o representante do Consulado dos Estados Unidos no Brasil, Kevin Brosnahan, os organizadores Alisson Souza e Marcio Lima, o representante da empresa de desenvolvimento de software StartOnApp, André Argolo, e a coordenadora do Viva Voluntário em Salvador, Saliha Rachid. Também são parceiros da iniciativa a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), a FESFTECH, a Unifacs e a ANFES.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121808 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.