Governador Rui Costa critica ausência de repasses federais; Presidente Jair Bolsonaro conduz país ao colapso

Governador Rui Costa acusa Governo Bolsonaro de atrasar pagamento de programas e convênios.
Governador Rui Costa acusa Governo Bolsonaro de atrasar pagamento de programas e convênios.

Durante assinatura de ordem de serviço para obras de pavimentação em 20 municípios baianos, na tarde desta quinta-feira (02/05/2019), em Salvador, o governador Rui Costa criticou a ausência de repasses federais. Ele afirmou que os estados estão fazendo sacrifícios para suprir as demandas e apontou casos como as obras do metrô, nas quais o Governo da Bahia chegou a colocar R$ 300 milhões em substituição a verbas federais e ainda aguarda o repasse de R$ 180 milhões, além dos corredores estruturantes da capital baiana, que têm R$ 150 milhões a receber. Por isso, de acordo com Rui, é preciso focar na gestão e na mobilização de forças para atravessar o período difícil que o Brasil passa.

Observa-se que a desastrosa gestão do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) está conduzido o Brasil a um colapso socioeconômico sem precedentes.

Confira entrevista

Sobre Carlos Augusto 9460 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).