12 Municípios não repassam verbas para custeio da Policlínica Regional de Saúde de Feira de Santana, denuncia deputado Alex da Piatã

Membros da Comissão da Saúde da ALBA inspecionam Policlínica Regional de Saúde de Feira de Santana.
Membros da Comissão da Saúde da ALBA inspecionam Policlínica Regional de Saúde de Feira de Santana.
Membros da Comissão da Saúde da ALBA inspecionam Policlínica Regional de Saúde de Feira de Santana.
Membros da Comissão da Saúde da ALBA inspecionam Policlínica Regional de Saúde de Feira de Santana.

Durante a visita da Comissão da Saúde a Policlínica da cidade de Feira de Santana, o líder do PSD na Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Alex da Piatã (PSD), classificou como absurda a situação de inadimplência por parte das prefeituras no repasse de verbas para manutenção do centro de saúde. O requerimento de realização da visita do colegiado nesta terça-feira (30/05/2019) foi de autoria do pessedista.

A policlínica de Feira de Santana é mantida por um Consórcio formado por 28 municípios, mas 12 estão com o repasse em atrasado. São elas: Pintadas, Riachão do Jacuípe, Santanopolis, Ipacaetá, Ipirá, Irará, Serra Preta, Água Fria, Baixa Grande, Candeal, Capela do Alto Alegre e Feira de Santana.

“Dos 28, 12 municípios estão em atraso, sem pagar a participação: 50% da inadimplência é de Feira. Isso é um absurdo! No entanto, quero destacar que ela está bem gerida pelo consórcio, pacientes de todos os municípios continuam sendo atendidos. Todos funcionários recebendo em dia. Tudo em dia”, pontuou Alex.

De acordo com o deputado, vai ser apresentado no âmbito da Comissão da Saúde uma solicitação para confecção de cartas a serem enviadas para as prefeituras inadimplentes com a Policlínica para entender e ajudar a encontrar saídas para efetivação dos repasses, importante para manutenção do local.

Participaram da visita o presidente da Comissão, deputado Alan Castro (PSD), deputado José de Arimateia (PRB), deputado Niltinho (PP), o Ouvidor Geral do Estado, Carlos Geilson, e o coordenador das policlínicas, Nelson Portela.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9299 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).