Vereador solicita mais atenção para os taxistas de Feira de Santana

Edvaldo Lima: a nossa cidade cresceu e com ela o aumento da licença de táxi e outras modalidades de transporte.
Edvaldo Lima: a nossa cidade cresceu e com ela o aumento da licença de táxi e outras modalidades de transporte.
Edvaldo Lima: a nossa cidade cresceu e com ela o aumento da licença de táxi e outras modalidades de transporte.
Edvaldo Lima: a nossa cidade cresceu e com ela o aumento da licença de táxi e outras modalidades de transporte.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (16/04/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Edvaldo Lima (PP) informou que dará entrada em indicações solicitando a suspensão do pagamento de taxas por parte dos taxistas e comemorou a determinação presidencial de não renovar contrato com empresas de fotosensores.

“Eu não poderia deixar de trazer um assunto de grande relevância ao nosso Município. Falo dos pais e mães de família da nossa cidade: os taxistas. Eles estão passando uma situação lamentável depois da chegada do Uber. Eles ainda precisam pagar a licença para rodar e despesas para manter o carro em dias. Além da taxa que paga ao Município, tem a taxa do Imetro, um custo de quase mil reais’, pontuou Edvaldo.

E continuou. “Muitas vezes, passam o dia todo para fazer uma corrida e às vezes não fazem. Sei das dificuldades da categoria, pois já fui taxistas. A nossa cidade cresceu e com ela o aumento da licença de táxi e outras modalidades de transporte. Estou encaminhando ao Município uma indicação de liberação do pagamento de taxas para os taxistas e vou solicitar ao Governo do Estado, através do deputado Samuel Júnior, que haja também a liberação dessas taxas. Assim, a categoria terá condições de continuar rodando”, garantiu.

O edil disse mais que, já está conversando com a assessoria para ver a possibilidade de dar entrada em um Projeto de Lei que visa liberar o táxi lotação. “Entendo que dessa maneira essa categoria terá condições de sobreviver. Precisamos que as autoridades olhem para os taxistas, está complicado ganhar o pão de cada dia, eles estão passando por grande dificuldade. Espero que Colbert possa estender a mão a eles”, avaliou.

Multa

Ainda no uso da tribuna, Edvaldo voltou a parabenizar o Presidente da República, Jair Bolsonaro, por não permitir o aumento de combustível previsto para acontecer semana passada e por, recentemente, não ter renovado o contrato com empresas de fotosensores. “O presidente não permitirá mais a indústria da multa. Não permitirá mais radares nas rodovias. Acabou a indústria da multa, acabou esses pardais que eram utilizados apenas para tirar dinheiro do povo brasileiro”, disse.

Para finalizar, Edvaldo disse que fala isso com muita propriedade, pois já foi motorista de veículo pesado. “Não é cabível dirigir de Feira para Salvador com a velocidade de 40 km/h. O motorista vem a 100km/h e precisa ‘brecar’ por conta de um pardal, gerando acidentes nas BRs. Precisamos fazer uma reestruturação dos pardais e vou fazer uma indicação para que o Município retire todos os pardais da cidade”, findou.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108671 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]