Pérola Negra é resistência e cultura na Micareta 2019; Edson Gomes, o mito pacificador do reggae promove show memorável em Feira de Santana

Edson Gomes, o mito pacificador do reggae apresentou show em Feira de Santana.
Edson Gomes, o mito pacificador do reggae apresentou show em Feira de Santana.
Pérola Negra é espaço de reafirmação cultural afrodescendente na Micareta 2019 de Feira de Santana.
Pérola Negra é espaço de reafirmação cultural afrodescendente na Micareta 2019 de Feira de Santana.

“É um orgulho. Esse espaço serve para valorizar os negros, inclusive nós, da Rua Nova, berço da cultura negra de Feira de Santana”. Essa é a opinião de Dete Lima, sócia-fundadora da Escola de Samba Brasil Meu Samba, primeira a desfilar no Espaço Pérola Negra, na noite desta sexta-feira (26/04/2019), na Micareta 2019.

O local é símbolo de resistência e representatividade, sendo um dos mais tradicionais da festa, antes denominado Espaço Quilombola. De acordo com a presidente do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento de Comunidades Negras e Indígenas, Lourdes Santana, a expectativa é que 1800 pessoas frequentem o espaço em cada dia de desfile.

Neste ano, as instituições participaram do Edital Pérola Negra, criado especificamente para a ocasião. Presidente da Associação Cultural Moviafro, Val Conceição se sente otimista com as mudanças. “Vemos com bons olhos, é uma ressignificação para nossas entidades. Alguns ajustes precisam ser feitos, mas com a mudança do nome e a visibilidade que a Secretaria de Cultura está nos dando, só tende a melhorar”, afirmou.

Doze grupos se apresentam no primeiro dia de desfile, espalhando pelo circuito diversidade, cultura, identidade e fé.

Beleza, fé e proteção: Estreante no Circuito Pérola Negra deixa mensagem de paz.

Vestida de Oxum, orixá que representa a sabedoria e o poder feminino, Mão Rose é uma das componentes da Escola de Samba Escravo do Oriente, uma das entidades que levaram a cultura afro para o Espaço Pérola Negra, na noite desta sexta-feira (26/04/2019), na Micareta 2019 de Feira de Santana.

É a primeira vez que a ialorixá participa da festa, a convite dos coordenadores do grupo, e seu objetivo na avenida foi apenas um: paz. “Venho mostrar nesse espaço a força da nossa religião, para termos mais paz e união. Estamos aqui na avenida, não só para dar forças, mas também para recebermos”, declarou.

Para ela, a preservação da cultura é de suma importância, pois afeta na construção dos indivíduos das próximas gerações. Por isso, veio a Feira “trazer o axé, que é nossa cultura”.

Edson Gomes, o mito pacificador do reggae

Canções que falam da desigualdade social, da repressão e buscam a pacificação entre as raças e estratos sociais, além de amor e de Deus, são características marcantes que fazem de Edson Gomes o maior reggaemen da atualidade no Brasil.

Ao cantar “Malandrinha”, até mesmo quem diz não curtir o reggae vibrou com o show que Edson Gomes apresentou durante a Micareta. E acompanharam o trio pelo Circuito Maneca Ferreira ensaiando uns passos de reggae, como quem experimentasse algo novo que provocasse êxtase espiritual.

“Camelô” é outra canção que é facilmente lembrada e associada a Edson Gomes, um verdadeiro hino em defesa da igualdade racial e protesto contra a repressão. E fez o circuito literalmente pegar fogo enquanto Gomes se apresentava.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116761 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.