Feira de Santana: Vereador se manifestou contra a decisão do STF de permitir o sacrifício de animais para rituais religiosos

Edvaldo Lima: conheço apenas uma religião que cultua esta realidade. Nada contra as religiões, mas sacrificar animais para satisfazer religiões é que não pode.

Edvaldo Lima: conheço apenas uma religião que cultua esta realidade. Nada contra as religiões, mas sacrificar animais para satisfazer religiões é que não pode.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta quarta-feira (10/04/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Evaldo Lima (PP) se manifestou contra a decisão do STF de permitir o sacrifício de animais para rituais religiosos.

“A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou uma lei que proíbe o sacrifício de animais para rituais religiosos. Fizeram uma manifestação contra esta Lei e a lide foi levada ao SFT, que entendeu que não há empecilho animais serem sacrificados para rituais religiosos”, disse o edil fazendo a leitura da decisão do STF.

E continuou. “Conheço apenas uma religião que cultua esta realidade. Nada contra as religiões, mas sacrificar animais para satisfazer religiões é que não pode. O STF não deveria revogar esta Lei. Sacrificar animais para depois eles serem jogados em vias públicas, contaminando o meio ambiente, não concordo. Sem contar com o mal cheiro que exala. Tantas pessoas passando fome no Brasil e estes animais poderiam ser destinados para a alimentação delas e não para a satisfação de um rito religioso. Fica aqui meu repúdio a quem faz essa prática e ao STF que a permite”, findou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]