Com irreverência e sátira política, Bloco Tracajá desfila pela 16ª vez na Micareta de Feira de Santana

Bloco Tracajá regressa às ruas durante a Micareta 2019 de Feira de Santana.
Bloco Tracajá regressa às ruas durante a Micareta 2019 de Feira de Santana.
Bloco Tracajá regressa às ruas durante a Micareta 2019 de Feira de Santana.
Bloco Tracajá regressa às ruas durante a Micareta 2019 de Feira de Santana.

O Bloco Tracajá desfila pela 16ª edição na Micareta de Feira de Santana. Segundo a direção do Bloco, estão garantidas várias atrações incluindo fanfarra, samba e sanfonas para divertir o público. A inspiração do nome, Tracajá, surgiu de uma espécie de quelônio comum na Amazônia, encontrada também na região Nordeste, que sofre de extinção.

A brincadeira de camisa reúne amigos e trazem todos os anos uma sátira a questão política do momento. Organizado pelo fotojornalista Reginaldo Pereira, também conhecido como Reginaldo Tracajá, o bloco não tem fins lucrativos e recolhe todos os anos doações para diversas instituições.

“O tema da mensagem da camisa este ano, sem mistério, será levantado para a questão do presidente da república”. Vamos fazer um trocadilho, sem entrar na questão política profundamente. É importante lembrar que quem não tiver a camisa também pode brincar. A eleição do rei e rainha do bloco foi realizada no último dia 11 de abril, no quando foi eleito, Silvério Silva, (rei) Mariz Elia, (rainha) e como princesa Darem Mendes

As camisas podem ser trocadas por quatro pacotes de fraudas geriátricas ou 20, reais, no Shoping Feira Portal Center, próximo ao Transbordo do Centro de Abastecimento e no Bar Boteco do Vital na Rua Boticário Moncorvo, que tem como referência o Atacadão São Roque.

A saída será no domingo (28/04/2019) de Micareta, no restaurante Casa do Sertão próximo da Rádio Sociedade de Feira a partir das 14h. O evento oferece diversão aos foliões de todas as idades, ao som de marchinhas de carnaval.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9605 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).