Carlos Alberto Kruschewsky é entrevistado por Mário Kertész; Médico psiquiatra e escritor revela trajetória de vida

Mário Kertész, Carlos Alberto Kruschewsky e Francisco Hora Fontes durante entrevista na Rádio Metrópole de Salvador.
Mário Kertész, Carlos Alberto Kruschewsky e Francisco Hora Fontes durante entrevista na Rádio Metrópole de Salvador.
Mário Kertész, Carlos Alberto Kruschewsky e Francisco Hora Fontes durante entrevista na Rádio Metrópole de Salvador.
Mário Kertész, Carlos Alberto Kruschewsky e Francisco Hora Fontes durante entrevista na Rádio Metrópole de Salvador.

O médico psiquiatra e escritor Carlos Alberto Kruschewsky concedeu — nesta segunda-feira (22/04/2019), na Rádio Metrópole FM de Salvador — entrevista exclusiva ao radialista Mário Kertész.

Durante o encontro, Carlos Kruschewsky revelou a trajetória pessoal e de que forma escolheu, desenvolveu e definiu a vida profissional. Citando, além da formação em medicina, a formação em Teologia, pela Faculdade São Bento, em Salvador e a participação de cursos de culinária, artes plásticas e a prática de karatê, além de ter se tornado profícuo escritor. Outro fato revelado foi a passagem na Rádio Sociedade da Bahia, com a participação semanal em um programa sobre medicina.

Carlos Kruschewsky comentou sobre a militância no Partido Comunista do Brasil (PCdoB), durante a presidência na União dos Estudantes da Bahia (UEB), no período em que Otávio Mangabeira governava a Bahia.

Outra revelação, foi a descrença inicial em Deus, para uma crença profunda.

Ao analisar a evolução da medicina, ele afirmou que a “tecnologia assassinou a relação médico/paciente” e lamentou o fato.

A entrevista foi conclusa com a narrativa de casos vivenciados na medicina.

Sugestão

A sugestão da entrevista foi feita pelo médico Francisco Hora Fontes que destacou, durante a entrevista, a capacidade intelectual do nonagenário colega.

Perfil do entrevistado

Carlos Alberto Kruschewsky nasceu em Cipó, município situado no Nordeste da Bahia, é formado em medicina pela Universidade Federal da Bahia (UFBA, 1953) e em Teologia pela Faculdade de São Bento (2010), é casado com Gildete Ferreira Kruschewsky. O casal teve quatro filhos, Kátia, médica; Carlos Filho, engenheiro e empresário; Tânia, psicóloga e Carla, advogada.

Durante 18 anos, Carlos Kruschewsky dirigiu o hospital Colônia Lopes Rodrigues em Feira de Santana, foi, também, superintendente do Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS), presidente do Instituto de Assistência e Previdência dos Serviços da Bahia (IAPSEB) e participou da fundação do Hospital Emec, atuando com sócio e diretor comercial.

Além da atuação na medicina, Carlos Kruschewsky é autor dos livros ‘Memorias de Saulo daqui’, ‘O véu suspenso’ e é coautor da obra ‘De Mãos Juntas – Monsenhor Gaspar Sadoc da Natividade’.

Confira a entrevista

Sobre Carlos Augusto 9515 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).