Atrações animam público do Mercado de Arte Popular de Feira de Santana com vários ritmos

Marcionílio Prado animou público do MAP de Feira de Santana com vários ritmos.
Marcionílio Prado animou público do MAP de Feira de Santana com vários ritmos.
Marcionílio Prado animou público do MAP de Feira de Santana com vários ritmos.
Marcionílio Prado animou público do MAP de Feira de Santana com vários ritmos.

Primeiro, o público que foi ao Mercado de Arte Popular (MAP) na tarde deste sábado (30/03/2019), se divertiu ouvindo antigas marchinhas de carnaval. Depois, dançou ao som de músicas mais atuais, mas com temáticas de carnavais e micaretas que já passaram há algum tempo.

São canções, como “A sogra e o jacaré”, “Chame gente”, “Faraó”, “Baianidade Nagô”, “Tropicana”, “Eu só quero um xodó”, entre tantas outras, que continuam atuais na memória coletiva dos foliões, que não perdem tempo ao ouvi-las e animadamente lotam os salões. Neste sábado participaram do projeto “Ensaio de Micareta”, Danilo e Banda, que teve participações especiais do cantor Edilson e da cantora Rosana Dias, mais Marcionílio Prado.

Danilo, Edilson e Rosana mostraram que as músicas antigas, com suas letras curtas e fáceis de serem decoradas, ainda mexem, e muito, com os foliões. O que se viu foi uma entrega total a Apolo, o deus grego da música. Coube a Marcionílio Prado continuar com clima quente, animado.

O público foi presentado com sucessos que sacudiram os foliões em todos os lados dos trios onde ele se apresentou. No MAP mostrou todo ecletismo musical. Cantou Moraes Moreira (Preta pretinha), Edson Gomes (Samarina), Dominguinhos (Eu só quero um xodó), Luiz Gonzaga (Asa Branca), Alceu Valença (Tropicana) e fez uma bonita homenagem a Jorge Benjor, com “Fio Maravilha, Taj Mahal e País tropical”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109742 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]