Agência Reuters ganha prêmio Pulitzer por reportagem internacional e notícia de última hora

Logomarca da Agência Reuters.
 Reuters, a maior provedora de notícias multimídia do mundo, recebeu hoje dois prêmios Pulitzer 2019 da Universidade de Columbia. Isso marca o segundo ano consecutivo em que a Reuters recebeu dois prêmios Pulitzer.
Logomarca da Agência Reuters.
Reuters, a maior provedora de notícias multimídia do mundo, recebeu hoje dois prêmios Pulitzer 2019 da Universidade de Columbia. Isso marca o segundo ano consecutivo em que a Reuters recebeu dois prêmios Pulitzer.

Os jornalistas da Reuters Wa Lone e Kyaw Soe Oo e seus colegas foram reconhecidos como co-vencedores, juntamente com a Associated Press, na categoria International Reporting, por sua série de investigações sobre a expulsão em massa dos Rohingya de Mianmar. Wa Lone e Kyaw Soe Oo foram presos no curso de sua reportagem sobre o massacre de 10 homens e meninos Rohingya em Inn Din. Eles foram condenados a sete anos em uma prisão de Yangon, em setembro, e passaram 490 dias na prisão. Ao conceder o prêmio à Reuters, o comitê Pulitzer reconheceu a equipe por “expor com maestria as unidades militares e os aldeões budistas responsáveis ​​pela expulsão sistemática e assassinato de muçulmanos Rohingya de Mianmar, cobertura corajosa que levou seus repórteres à prisão”.

Os fotógrafos da Reuters Mike Blake, Lucy Nicholson, Loren Elliott, Edgard Garrido, Adrees Latif, Goran Tomasevic, Kim Kyung Hoon, Alkis Konstantinidis, Carlos Garcia Rawlins, Carlos Barria e Ueslei Marcelino foram reconhecidos na categoria Breaking News Photography por suas fotos do filme. migração em massa de americanos da América Central e do Sul para a fronteira dos EUA, e suas conseqüências. Entregando o prêmio à Reuters, o comitê Pulitzer reconheceu a equipe por “uma narrativa visual vívida e surpreendente da urgência, desespero e tristeza dos migrantes enquanto viajavam para os EUA da América Central e do Sul”.

“Embora seja gratificante ser reconhecido pelo trabalho, a atenção do público deve se concentrar mais nas pessoas sobre as quais nos reportamos do que em nós: neste caso, os rohingya e os migrantes da América Central”, disse o Editor-chefe da Reuters, Stephen J. Adler.

“Estou muito feliz que Wa Lone e Kyaw Soe Oo e seus colegas tenham sido reconhecidos por sua extraordinária e corajosa cobertura, e nossos fotojornalistas por seus filmes que mostram a humanidade desafiando enormes obstáculos”, disse Adler. “Eu continuo profundamente angustiado, no entanto, que nossos corajosos repórteres Wa Lone e Kyaw Soe Oo ainda estão atrás das grades apenas por relatar a verdade.”

Reuters

A Reuters, divisão de notícias e mídia da Thomson Reuters, é a maior provedora de notícias multimídia do mundo, atingindo bilhões de pessoas todos os dias. A Reuters fornece notícias comerciais, financeiras, nacionais e internacionais confiáveis ​​para profissionais via desktops, organizações de mídia do mundo e diretamente para os consumidores na Reuters.com e via Reuters TV. Siga as notícias sobre a Reuters no @ReutersPR.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111171 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]