Vice-prefeito de Salvador avalia o Carnaval 2019 como o maior de todos os tempos

Bruno Soares Reis, Vice-prefeito de Salvador.
Bruno Reis: são sete anos realizando a maior festa de rua do planeta e vamos melhorando a cada dia e fazendo do Carnaval uma festa de muita alegria.
Bruno Soares Reis, Vice-prefeito de Salvador.
Bruno Reis: são sete anos realizando a maior festa de rua do planeta e vamos melhorando a cada dia e fazendo do Carnaval uma festa de muita alegria.

O vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, fez no sábado (02/03/2019) uma avaliação positiva do Carnaval desse ano e disse esperar que seja o melhor dos últimos tempos. “Houve muito mais gente na rua ontem (01), quando comparamos com a sexta de Carnaval de 2018. O Circuito Dodô estava lotado. Os números do transporte público e individual de passageiros revelam esse crescimento da festa”, disse.

Segundo os dados divulgados pela Secretaria de Mobilidade (Semob), foram 160,6 mil pessoas transportadas a mais este ano: 1.363.777 entre a noite de ontem e a madrugada de hoje contra 1.203.176 do mesmo período de 2018.

“São sete anos realizando a maior festa de rua do planeta e vamos melhorando a cada dia e fazendo do Carnaval uma festa de muita alegria, em que o folião vai curtir com muita harmonia e paz. Tenho certeza que a folia desse ano vai entrar para a história como o maior carnaval de todos os tempos”, afirmou.

Redução

Sobre uma eventual redução do número dos dias de pré-Carnaval, defendida pelo governo do estado, Bruno Reis evitou entrar polemizar. “É mais uma polêmica criada pelo governador. O que importa é fazer um Carnaval já consolidado. O Pipoco, Furdunço e Fuzuê já estão consolidados. Quem faz o Carnaval é o povo. Quem tem que dizer se deve reduzir ou não é a população”, afirmou.

Sobre Carlos Augusto 9707 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).