Vereador defende a convocação de qualquer secretário municipal de Salvador

Edvaldo Pereira de Brito, vereador em Salvador.
Edvaldo Brito: o secretário não é um rei, é membro de um poder municipal que, pelas regras dessa Casa, terá de vir sim prestar esclarecimentos.
Edvaldo Pereira de Brito, vereador em Salvador.
Edvaldo Brito: o secretário não é um rei, é membro de um poder municipal que, pelas regras dessa Casa, terá de vir sim prestar esclarecimentos.

O vereador Edvaldo Brito (PSD) defendeu no dia 20 de fevereiro de 2019 (quarta-feira) na tribuna da Câmara Municipal de Salvador a convocação de qualquer secretário municipal, depois da celeuma criada por conta da convocação do secretário de Trabalho, Esportes e Lazer da prefeitura, Alberto Pimentel (PSL), para prestar esclarecimentos sobre as denúncias de que nomeou para um cargo da secretaria um homem que estaria respondendo a um processo por violência doméstica e ser réu em uma ação em Feira de Santana. O secretário é esposo da deputada federal Dayane Pimentel, que o indicou para o cargo.

Edvaldo Brito defendeu a autonomia dos poderes e disse que não há problema algum por não existir norma explícita para a convocação: “o secretário não é um rei, é membro de um poder municipal que, pelas regras dessa Casa, terá de vir sim prestar esclarecimentos. Convocado, caberá à Mesa Diretora pontuar as regras às quais ele deve se submeter. Aqui faremos a regra na hora em que ela for necessária, em qualquer situação. Ou o Legislativo Municipal é um poder e se impõe, ou então fecharemos as portas e vamos embora. Eu serei o primeiro, porque não vou permitir agora que o meu passado honrado tenha um futuro indigno da capacidade da Câmara”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110917 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]