Vereador cobra segundo encontro entre prefeito Colbert Martins Filho e APLB Feira de Santana

Alberto Nery: peço ao líder do Governo na Casa, vereador Marcos Lima, que solicite do prefeito uma resposta para as reivindicações dos professores e que conceda não apenas o reajuste de 4,17%, mas todos os outros pedidos.
Alberto Nery: peço ao líder do Governo na Casa, vereador Marcos Lima, que solicite do prefeito uma resposta para as reivindicações dos professores e que conceda não apenas o reajuste de 4,17%, mas todos os outros pedidos.
Alberto Nery: peço ao líder do Governo na Casa, vereador Marcos Lima, que solicite do prefeito uma resposta para as reivindicações dos professores e que conceda não apenas o reajuste de 4,17%, mas todos os outros pedidos.
Alberto Nery: peço ao líder do Governo na Casa, vereador Marcos Lima, que solicite do prefeito uma resposta para as reivindicações dos professores e que conceda não apenas o reajuste de 4,17%, mas todos os outros pedidos.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta segunda-feira (18/03/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Alberto Nery (PT) pediu que o prefeito Colbert Martins tenha outra reunião com os professores e informou que visitou escolas municipais e encontrou irregularidades.

“Vale lembrar que a pauta dos professores não está presa ao aumento de 4,17%, vai muito mais além. Peço ao líder do Governo na Casa, vereador Marcos Lima, que solicite do prefeito uma resposta para as reivindicações dos professores e que conceda não apenas o reajuste de 4,17%, mas todos os outros pedidos. É preciso uma reunião com todos”, pediu.

Nery disse mais que repudia a postura do colega Isaías de Diogo. “Usou esta tribuna para afrontar os professores, não vejo aqui outra categoria para lutar em prol de melhoria dos profissionais, como a APLB”, afirmou.

Para finalizar, Nery relatou que visitou escolas municipais e encontrou irregularidades. “Vimos que quem está administrando aula são estagiários, o que está proibido por Lei e há multa para esse descumprimento. É preciso que o prefeito sente e converse com a categoria, principalmente em relação aos precatórios e estagiários em sala de aula. Peço à comissão que esteve em reunião com ele, que cobre dele uma resposta. A greve já vai para seu 8º dia e isso não prejudica apenas professores, mas também pais e alunos”, finalizou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110915 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]