Vereador acredita em motivo político para manutenção da greve dos professores da Rede Municipal de Feira de Santana

Marcos Lima: o prefeito foi sensível as reivindicações dos professores. O reajuste de 4,17% já foi enviado para votação na Câmara.
Marcos Lima: o prefeito foi sensível as reivindicações dos professores. O reajuste de 4,17% já foi enviado para votação na Câmara.
Marcos Lima: o prefeito foi sensível as reivindicações dos professores. O reajuste de 4,17% já foi enviado para votação na Câmara.
Marcos Lima: o prefeito foi sensível as reivindicações dos professores. O reajuste de 4,17% já foi enviado para votação na Câmara.

A manutenção da greve dos professores da rede Municipal foi duramente criticada pelo líder da bancada governista, vereador Marcos Lima (PRP) na sessão ordinária desta quarta-feira (20/03/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana.

O parlamentar afirmou que o prefeito Colbert Martins Filho atendeu 90% das reivindicações da categoria. O único ponto que ficou para ser discutido foi o plano de carreira.

“O prefeito foi sensível as reivindicações dos professores. O reajuste de 4,17% já foi enviado para votação na Câmara. O enquadramento também foi acertado e ele abriu diálogo para discutir o plano de carreira, que vocês mesmo sabem, não pode ser feito de uma hora para outra. Infelizmente a categoria não aceitou!”, disse.

O edil reclamou da falta de empatia dos professores ao deixarem tantos estudantes sem aulas e pediu mais flexibilidade durante as negociações. “A Prefeitura aceitou quase todas as reivindicações. Não há motivo sensato para que a greve permaneça. O motivo que passei a perceber é o motivo político”, concluiu.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115055 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.