Vereador aborda violência contra a mulher e transtornos causados pelas chuvas no Centro de Abastecimento de Feira de Santana

João dos Santos (João Bililiu): estou assustado com essa violência esmagadora contra a mulher que reina em nossa cidade, estado e país.
João dos Santos (João Bililiu): estou assustado com essa violência esmagadora contra a mulher que reina em nossa cidade, estado e país.
João dos Santos (João Bililiu): estou assustado com essa violência esmagadora contra a mulher que reina em nossa cidade, estado e país.
João dos Santos (João Bililiu): estou assustado com essa violência esmagadora contra a mulher que reina em nossa cidade, estado e país.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta terça-feira (26/03/2016), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil João dos Santos (João Bililiu, PPS) criticou o crescente número da violência contra a mulher no Brasil e pediu ajuda do Município para contornar os transtornos causados pelas chuvas no Centro de Abastecimento.

Antes de iniciar seu pronunciamento, o eidl cumprimentou os membros da Família Azul presentes nas galerias da Casa e ressaltou a importância da busca por melhores condições de vida dos portadores do espectro autismo.

Já tratando sobre a violência contra a mulher, Bililiu disse entender que o respeito entre homem e mulher deve ser recíproco. “Estou assustado com essa violência esmagadora contra a mulher que reina em nossa cidade, estado e país. É inadmissível como alguns homens estão tratando as mulheres. O respeito deve acontecer para com todos. Peço às autoridades que punam mais severamente os autores desses crimes”, pediu.

Ainda no uso da tribuna, o vereador Bililiu lamentou os prejuízos causados aos comerciantes do Centro de Abastecimento em virtude das fortes chuvas que caíram na cidade. “Mas, o que desejo aqui externar é a falta de cuidado e irresponsabilidade do grupo de empresa que assumiu a missão de efetuar as obras do Centro de Abastecimento. Cito a título de exemplo a empresa JC e SP Construções”, pontuou.

O vereador disse mais que foi procurado por vários comerciantes, os quais transmitiram a triste mensagem sobre os prejuízos suportados e da lama fedida que se espalhou por todo o mercado de carne. “Peço ao secretário que adote providências para que os prejuízos sejam sanados. Não vou deixar meus amigos assumirem um prejuízo dessa magnitude. É triste ver os clientes fugindo do Centro de Abastecimento por falta de limpeza, organização e estrutura”, disse.

Para finalizar, Bililiu garantiu aos comerciantes que estará junto com eles na cobrança dos prejuízos sofridos. “Vamos reivindicar e ir para cima daqueles que cometerem irresponsabilidade ou injustiças. Vamos cobrar, através das vias legais, a reparação dos danos causados e prejuízos sofridos com as chuvas”, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109915 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]