Solenidade na Câmara Municipal marca 160 anos de fundação da Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana

Ex-prefeito José Ronaldo discursa durante solenidade na Câmara Municipal em homenagem aos 160 anos de fundação da Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana, em 26 de março de 2019.Ex-prefeito José Ronaldo discursa durante solenidade na Câmara Municipal em homenagem aos 160 anos de fundação da Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana.


No Brasil, o atendimento oferecido pelas Santas Casas de Misericórdia cobre 54% da assistência médica dada à população. O dado foi apresentado pelo vice-presidente da Confederação Nacional das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicos, Maurício Almeida Dias Pereira, durante a sessão solene realizada pela Câmara de Vereadores de Feira de Santana, na noite da última terça-feira (26/03/2019).  O evento marcou o aniversário de 160 anos de fundação da Santa Casa de Feira de Santana.

De acordo com Maurício Dias, a assistência oferecida pelas 1.100 Santas Casas brasileiras deveria ser complementar ao atendimento que é de responsabilidade do Sistema Único de Saúde, SUS. “Enquanto a Constituição brasileira nos diz que as entidades filantrópicas são complementares, as Santas Casas acabam assumindo a maior parte do papel que é de competência do SUS e do Estado”, aponta.

O vice-presidente também lembrou que as entidades filantrópicas representam um setor importante para a economia brasileira por que geram aproximadamente um milhão de empregos diretos e indiretos – “entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e atendentes de modo geral, sem falar na cadeia produtiva, ou seja, os postos terceirizados, uma vez que dentro de um hospital funciona um restaurante, uma clínica, uma farmácia, uma lavanderia, um setor de transporte, ou seja, em todos estes serviços prestados ao hospital são gerados centenas de empregos”, destaca.

Maurício Dias saudou os ex-provedores da Santa Casa, “um conjunto de abnegados que dedicaram sua vida a construir as páginas dessa história tão importante para o setor filantrópico”. Mais antiga e tradicional instituição feirense, ela foi fundada em 25 de março de 1959, sob a liderança do juiz Luís Antônio Pereira Franco.

Missão: salvar vidas

Palestrante da sessão solene, o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho – que foi diretor do HDPA entre 1977 e 1983 e logo em seguida se tornou provedor até 1986 – destacou o papel relevante que teve a instituição nos anos mais difíceis para a saúde no município, quando Feira ainda não contava com um hospital geral para atender à comunidade – até o ano de 1984, quando foi inaugurado o Hospital Geral Clériston Andrade.

“Para que as pessoas tenham ideia da importância do Hospital Dom Pedro de Alcântara para esta região, fui provedor daquela casa no período em que ele era o único hospital ‘porta aberta’ de Feira de Santana, que já àquela época atendia a 72 municípios. Inclusive, o único que atendia ao homem e a mulher da zona rural. Este hospital salvou milhares de vidas ao longo desses 160 anos e continua salvando. Portanto, são inestimáveis os serviços prestados por esta Santa Casa”, destacou o ex-prefeito.

Ronaldo também ressaltou a cobertura no atendimento oferecido em Feira de Santana: “há Santas Casas que não atendem nem 60% da demanda do SUS, que é sua obrigação legal, enquanto a de Feira garante uma cobertura de 98% à população usuária do sistema único”. Este número é muito significativo e determinante para a comunidade, ressaltou o ex-prefeito.

Foram destaque também na sessão solene as cirurgias e procedimentos inovadores realizados pelos especialistas da Santa Casa, que têm contribuído para a conquista de títulos e reconhecimento no Estado, além dos projetos de residência médica que transformaram o HDPA em hospital-escola.

As principais áreas de inovação e destaque são cardiologia, oncologia e transplante renal. Nas últimas décadas, apesar das crises enfrentadas pelos governos na área de saúde, a instituição venceu dificuldades e vem, ano a ano, se modernizando.

35 ex-provedores

Autor do requerimento que instituiu a sessão solene para marcar a data, o vereador Cadmiel Pereira, PSC, lembrou os 35 provedores que passaram pela instituição, cuja disposição em servir ao bem comum e à população carente permitiu que a Santa Casa crescesse e se mantivesse até hoje como uma instituição filantrópica.

Finalmente, a atual diretora do HDPA, Sandra Peggy fez questão de expressar o sentimento de gratidão a todas as instituições parceiras, médicos e funcionários de modo geral “que fazem todos os dias da Santa Casa esta entidade que vence as dificuldades e continua crescendo firme e forte. Vocês todos fazem parte desta história”, conclamou.

Diversas autoridades, representantes da sociedade civil e profissionais da área social e de saúde prestigiaram a concorrida solenidade, dentre as quais, deputados; um número expressivo de vereadores e ex-vereadores e secretários municipais.

Solenidade na Câmara Municipal em homenagem aos 160 anos de fundação da Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana.

Solenidade na Câmara Municipal em homenagem aos 160 anos de fundação da Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana.

Solenidade na Câmara Municipal em homenagem aos 160 anos de fundação da Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana, em 26 de março de 2019.

Solenidade na Câmara Municipal em homenagem aos 160 anos de fundação da Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana.

Funcionários participam da solenidade na Câmara Municipal em homenagem aos 160 anos de fundação da Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana, em 26 de março de 2019.

Funcionários participam da solenidade na Câmara Municipal em homenagem aos 160 anos de fundação da Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]