Roberto Tourinho aborda visitas a residenciais do programa Minha Casa Minha Vida de Feira de Santana

Roberto Tourinho: dediquei o final de semana para realizar estas visitas e gostaria de agradecer a maneira carinhosa como fui recebido, especialmente no Residencial Campo Belo.
Roberto Tourinho: dediquei o final de semana para realizar estas visitas e gostaria de agradecer a maneira carinhosa como fui recebido, especialmente no Residencial Campo Belo.
Roberto Tourinho: dediquei o final de semana para realizar estas visitas e gostaria de agradecer a maneira carinhosa como fui recebido, especialmente no Residencial Campo Belo.
Roberto Tourinho: dediquei o final de semana para realizar estas visitas e gostaria de agradecer a maneira carinhosa como fui recebido, especialmente no Residencial Campo Belo.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta segunda-feira (26/03/2019), na Câmara Muncipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PV) informou que visitou os conjuntos Habitacionais do Minha Casa Minha Vida Campo Belo, no bairro Campo do Gado Novo; Solar Laranjeiras, na Avenida Iguatemi e Rio Santo Antônio, no final da Avenida Iguatemi, onde viu e ouviu as necessidades dos moradores destes locais.

“Dediquei o final de semana para realizar estas visitas e gostaria de agradecer a maneira carinhosa como fui recebido, especialmente no Residencial Campo Belo. Estou estarrecido com o abandono que eles têm tido do Município. Para que possam ter ideia, o Residencial Campo Belo tem mais de 200 unidade, inaugurado em 2017, boa parte das crianças não estão estudando porque não encontraram vagas na escola próxima. Teriam que sair do Campo do Gado para estudar no Bairro Pampalona”, revelou Tourinho.

E continuou. “As crianças estavam pegando carona no sistema do transporte coletivo, mas hoje os empresários não as levam mais para estudar. A saúde é uma lástima, o posto de saúde Benício Cavalcante só tem um médico e uma enfermeira. Uma vez na semana a médica atende no posto de saúde do bairro Asa Branca II. Estão sendo marcados exames para julho de 2019. Idosos, diabéticos, hipertensos que fazem tratamento não estão recebendo medicamentos, porque não tem. E sabe porque não tem? Porque roubaram R$ 70 milhões da saúde”, disparou.

Tourinho disse mais que já foram anunciadas inúmeras reformas para o posto de saúde Benício Cavalcante. “Mas, até agora nada foi feito. Vale lembrar mais que o Residencial Campo Belo tem mais de 800 unidades e em breve será entregue a segunda fase com 500 unidades. Imaginem como ficará a situação desses moradores”, afirmou.

O vereador relatou mais que, no Residencial Santo Antônio, inaugurado há sete anos, as crianças estão estudando na Escola João Macário de Ataíde, que entrou em reforma há três anos e ainda não foi concluída. “A Prefeitura alugou uma chácara para que as crianças estudassem, com apenas três salas. Elas ficam na porta espetando abrir a cancela da chácara. Mas, depois o Município quer jogar nas costas dos professores o baixo índice do IDEB. Qual a justificativa para crianças estudarem em uma chácara?”, questionou.

Segundo ele, ouviu dos moradores que, mesmo assim, muitas crianças não conseguem vagas. “Na chácara têm apenas três salas, número insuficiente para assistir todas as crianças e por isso muitas ficam sem conseguir vagas. Sem contar que neste lugar há falta de luz, cupim invadindo as casas e outros problemas. É essa a situação do povo de Feira de Santana e não é diferente a situação dos moradores. Há sete anos são considerados moradores de área descoberta”, afirmou.

Para finalizar, Tourinho disse que corta seu coração a situação de abandono que se encontra o povo de Feira de Santana. “As pessoas sofrem em todos os segmentos. Mas, enquanto estiver aqui não me calarei. Vou continuar lutando em prol dos reclames da população feirense”, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109955 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]