Morre Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos Futebol Clube; Jogador foi o terceiro maior artilheiro da história, com 368 gols

Antônio Wilson Vieira Honório (Coutinho) (Piracicaba, 11 de junho de 1943 — Santos, 11 de março de 2019), foi um treinador e futebolista brasileiro que atuou como atacante. Ao lado de Pelé, Pepe e Dorval, montou o quarteto ofensivo mais artilheiro da história do Santos. É o terceiro maior artilheiro da história do clube, com 370 gols em 457 jogos.
Antônio Wilson Vieira Honório (Coutinho) (Piracicaba, 11 de junho de 1943 — Santos, 11 de março de 2019), foi um treinador e futebolista brasileiro que atuou como atacante. Ao lado de Pelé, Pepe e Dorval, montou o quarteto ofensivo mais artilheiro da história do Santos. É o terceiro maior artilheiro da história do clube, com 370 gols em 457 jogos.
Antônio Wilson Vieira Honório (Coutinho) (Piracicaba, 11 de junho de 1943 — Santos, 11 de março de 2019), foi um treinador e futebolista brasileiro que atuou como atacante. Ao lado de Pelé, Pepe e Dorval, montou o quarteto ofensivo mais artilheiro da história do Santos. É o terceiro maior artilheiro da história do clube, com 370 gols em 457 jogos.
Antônio Wilson Vieira Honório (Coutinho) (Piracicaba, 11 de junho de 1943 — Santos, 11 de março de 2019), foi um treinador e futebolista brasileiro que atuou como atacante. Ao lado de Pelé, Pepe e Dorval, montou o quarteto ofensivo mais artilheiro da história do Santos. É o terceiro maior artilheiro da história do clube, com 370 gols em 457 jogos.

Morreu nesta segunda-feira (11/03/2019), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé no ataque do Santos Futebol Clube. Ele foi o terceiro maior artilheiro da história da equipe, com 368 gols em 457 partidas disputadas pelo clube.

Coutinho nasceu no dia 11 de junho de 1943, na cidade paulista de Piracicaba. Com a camisa do Alvinegro Praiano, Coutinho conquistou seis títulos paulistas, cinco brasileiros, duas Libertadores e dois Mundiais de Clubes. Na Seleção Brasileira, foi campeão mundial em 1962, no Chile.

De acordo com o Santos Futebol Clube, ele faleceu em casa. O velório do craque ocorrerá no estádio de Vila Belmiro, em Santos.

Sobre Carlos Augusto 9515 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).