Manifestantes saem às ruas em várias cidades da Venezuela; Juan Guaidó convoca nova mobilização

Partidários do autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, participam de uma manifestação contra o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro em Caracas, Venezuela, em 4 de março de 2019.
Partidários do autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, participam de uma manifestação contra o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro em Caracas, Venezuela.
Partidários do autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, participam de uma manifestação contra o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro em Caracas, Venezuela, em 4 de março de 2019.
Partidários do autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, participam de uma manifestação contra o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro em Caracas, Venezuela.

Manifestantes saíram às ruas hoje (04/03/2019) na Venezuela, atendendo à convocação do autodeclarado presidente interino Juan Guaidó, em protesto contra o governo de Nicolás Maduro. Nas redes sociais, apoiadores de Guaidó postaram imagens das manifestações em diferentes cidades e na capital, Caracas.

Guaidó retornou à Venezuela, depois de 11 anos viajando pela América do Sul, e foi recepcionado por apoiadores que o carregaram e celebraram seu regresso. Havia temor sobre a volta dele ao país pelas ameaças de prisão e ações por parte de autoridades ligadas a Maduro.

O interino fez discurso para os apoiadores e convocou-os para uma mobilização nacional no próximo sábado (9).

“Obrigado a todos pelo carinho e o calor imenso que nos receberam. Convoco o país para uma nova mobilização no sábado, 9 de março. Todo o apoio que recebemos e o respaldo que necessitamos dependem de nos mantermos nas ruas”, disse Guaidó.

Em seguida, o interino agradeceu o apoio internacional que recebeu no regresso à Venezuela.

“Agradecemos aos embaixadores da Argentina, do Brasil, do Canadá, do Chile, do Peu, do Equador, dos Estados Unidos, da Alemanha, da Espanha, da França, dos Países Baixos, de Portugal e da Romênia, que nos acompanharam na nossa chegada à Venezuela em uma demonstração firme do compromisso do mundo com a nossa democracia”, acrescentou.

Partidários do autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, participam de uma manifestação contra o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro em Caracas, Venezuela.
Partidários do autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, participam de uma manifestação contra o governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro em Caracas, Venezuela.
Sobre Carlos Augusto 9506 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).