Feira de Santana: Vereadora relata aumento de feminicídios no Brasil

Aldney Bastos (Neinha): os pais têm falhado. Temos de tomar as rédeas da casa.
Aldney Bastos (Neinha): os pais têm falhado. Temos de tomar as rédeas da casa.
Aldney Bastos (Neinha): os pais têm falhado. Temos de tomar as rédeas da casa.
Aldney Bastos (Neinha): os pais têm falhado. Temos de tomar as rédeas da casa.

O aumento no número de feminicídios no Brasil nos últimos meses assustou a vereadora Aldney Bastos (Neinha, PTB). Durante sessão ordinária na Câmara Municipal de Feira de Santana nesta terça-feira (19/03/2019), ela afirmou que ficou chocada ao assistir uma entrevista com a jovem de Camaçari Eva Luana que contou ter sido estuprada e torturada pelo padrasto por mais de oito anos.

A vereadora observou que os casos de agressão e feminicídio tem aumentado exponencialmente. Neinha associou o crescimento da violência a necessidade de uma reforma na Educação. Para ela, a existência de profissionais da área de Serviço Social e de Psicologia nas escolas ajudaria a identificar casos de crianças e jovens que passam por problemas em casa e nas instituições de ensino.

Outro problema apontado pela parlamentar é a falta de firmeza dos pais na formação das crianças. Especialmente em relação ao uso irrestrito de redes sociais e aparelhos celulares. “Os pais têm falhado. Temos de tomar as rédeas da casa. Hoje está difícil criar os jovens no caminho do afeto, obedecendo pai e mãe”, alertou. Ela concluiu repudiando os casos de feminicídio e de violência como o massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108107 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]