Feira de Santana: Espetáculo ‘Pindorama, antes de chamar Brasil’ em traz permanece em cartaz no Domingo Tem Teatro

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Cena do espetáculo ‘Pindorama, antes de chamar Brasil’.
Cena do espetáculo ‘Pindorama, antes de chamar Brasil’.
Cena do espetáculo ‘Pindorama, antes de chamar Brasil’.
Cena do espetáculo ‘Pindorama, antes de chamar Brasil’.

O espetáculo Pindorama, antes de chamar Brasil que abriu no último domingo a temporada de apresentações de 2019 do Domingo Tem Teatro, permanece em cartaz sempre às 10h30 no Teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA).  O espetáculo que traz os costumes e tradições da cultura indígena para crianças integra as comemorações dos 15 anos do Domingo Tem Teatro. Iniciado em 2005 o Domingo Tem Teatro vem promovendo o teatro para crianças, muitas histórias, cultura e diversão para o público de Feira de Santana e região.

Pindorama vem de Pindó-rama que significa “terra, lugar ou região das palmeiras”. Para algumas tribos tupis, Pindorama é uma terra encantada. Durante as antigas migrações, formou-se diversas tribos nessa região, até a “Invasão de Pindorama”, também conhecida como “descoberta do Brasil”. Através do teatro de bonecos e formas animadas, o grupo Aldeia Coletivo Cênico abre a temporada de 2019 do Domingo Tem Teatro trazendo para as crianças a espetacularidade presente nas manifestações culturais nativo-brasileiras, exaltando e valorizando a cosmologia e mitologia indígena presentes nos costumes e cotidiano do brasileiro, recontando histórias clássicas do imaginário mítico dos povos indígenas como: A Lenda das Cataratas do Iguaçu, da Mandioca, do Curupira, do Cacau, da Pipoca e o mito do Vazio no Homem.

E no Domingo Tem Teatro a diversão começa a partir das 9 horas com Oficinas e muitas brincadeiras

Especialmente nesse domingo, 31 de março, fechando as comemorações do mês do Teatro e do Circo o Domingo Tem Teatro traz para o seu público a Oficina de confecção de Swuing poi.  Sob orientação da Artista Educadora Vivi Braz, a ideia é atrair as crianças e os pais para uma forma divertida de fazer malabarismos confeccionados com materiais que podemos ter em nossa própria casa.  A oficina pretende despertar o gosto pela brincadeira das malabares e irá ensinar como elaborar várias manobras com maior facilidade.  A oficina faz parte das atividades recreativas que acontecem antes do espetáculo começar, a partir das 9 horas.

E para a criança ou adulto que tem interesse em se tornar um fã de carteirinha do Domingo Tem Teatro, a dica é fazer a sua inscrição aos domingos no horário das 09h00 às 12h30 ou pela internet através do site da Cia. Cuca de Teatro: www.ciacucadeteatro.com.br. Com a carteirinha em mãos o público passa a obter mais vantagens e benefícios no teatro e dos parceiros, como descontos nos ingressos e participação nos Sorteios semanais, Sorteio Meio de Ano e no Especial de Final de Ano.  No programa do Sócio não há cobrança de mensalidade ou taxas de manutenção. Todos os benefícios e vantagens são válidos para o ano de 2019.

O Domingo Tem Teatro é um Projeto realizado pela Cia. Cuca de Teatro e em 2019 completa 15 anos de atividade em Feira de Santana atendendo um público de mais de 106.173 espectadores, com uma expressiva participação de mães e pais ávidos por novidades.

Nessa temporada conta com o patrocínio das empresas Pererê, Atacadão São Roque, BN Mascarenhas e do Governo do Estado da Bahia, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. O Projeto acontece de março a dezembro sempre às 10h30 no Teatro do CUCA.

Agenda

O que: Espetáculo ‘pindorama antes de chamar brasil’

Quando: 31 de março e 7 de abril, às 10:30 horas

Onde: Teatro do CUCA

Endereço: Rua conselheiro franco, 66, centro, Feira de Santana

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113552 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]