Em 2018, abate de frangos e aquisição de leite foram recordes na Bahia

114,2 milhões de frangos foram abatidos em 2018 na Bahia.
Granja de frango
114,2 milhões de frangos foram abatidos em 2018 na Bahia.
114,2 milhões de frangos foram abatidos em 2018 na Bahia.

Em 2018, o abate de frangos cresceu mais uma vez na Bahia (+6,0%) e bateu novamente seu próprio recorde, chegando a um total de 114,2 milhões de animais abatidos, cerca de 6,5 milhões a mais do que em 2017.

Foi o quarto crescimento anual consecutivo no abate de frangos no estado e o quarto maior aumento do país em termos absolutos (número de cabeças).

Em 2018, o desempenho do abate de frangos no Brasil como um todo foi no sentido contrário e caiu 2,5%, segunda retração consecutiva. Foram abatidas 5,70 bilhões de cabeças de frango, 144,23 milhões a menos que em 2017.

O Paraná continua o líder no abate de frangos, com 31,4% de participação nacional. A produção baiana representa 2,0% do total, com um leve crescimento em relação a 2017, quando o estado respondia por 1,8%.

A aquisição de leite foi outro recorde da produção pecuária da Bahia, em 2018.

No ano passado, ela cresceu novamente de forma significativa (+18,6%) e chegou a 427,7 milhões litros captados pelos estabelecimentos de laticínios sob algum tipo de inspeção sanitária no estado, 67 milhões a mais que em 2017.

Foi o segundo resultado positivo consecutivo para a aquisição de leite na Bahia e o terceiro maior aumento absoluto (em litros) dentre os estados produtores.

No país como um todo, foram captados 24,45 bilhões de litros, um acréscimo de 0,5% em relação a 2017, mantendo certa estabilidade de um ano para o outro.

Minas Gerais mantém sua ampla liderança na produção nacional de leite, com 24,8% do total captado. A Bahia respondeu, no ano passado, por 1,7% do leite adquirido no país, um pouco mais do que em 2017 (1,5%).

Abates de bovinos (+1,3%) e suínos (+3,0%) também cresceram em 2018, na Bahia

Em 2018, foram abatidas, na Bahia, cerca de 1,2 milhão de cabeças de bovinos, um aumento de 1,3% em relação a 2017, que representou mais 15,7 mil animais abatidos. Foi o segundo crescimento anual no abate de bovinos no estado.

No país como um todo, a situação foi bem parecida. No ano passado, foram abatidas 31,90 milhões de cabeças de bovinos, um aumento de 3,4% (1,03 milhão de cabeças) em relação a 2017. Também foi a segunda alta consecutiva.

Mato Grosso continuou liderando o ranking do abate de bovinos em 2018, com 16,8% da participação nacional. A Bahia ficou com 3,7% de participação, frente a 3,8% em 2017.

O abate de suínos também cresceu na Bahia (+3,0%), chegando a 133,3 mil animais abatidos em 2018, 3,9 mil a mais que em 2017.

No país como um todo, em 2018, foram abatidas 44,20 milhões de cabeças de suínos, um aumento de 2,4% (+1,02 milhão de cabeças) em relação a 2017, representando um novo recorde na série.

Santa Catarina manteve a liderança no abate de suínos, com 26,2% do abate nacional em 2018. A Bahia representa apenas 0,3% do total.

Produção baiana de ovos de galinha tem queda (-1,4%) em 2018

Depois de ter crescido em 2017, a produção baiana de ovos de galinha voltou a cair em 2018 (-1,4%), totalizando 45,9 milhões de dúzias no ano passado (-674 mil dúzias).

Em 2018, a produção nacional de ovos de galinha foi de 3,60 bilhões de dúzias, representando aumento de 8,6% em relação ao ano anterior e um novo recorde na série anual.

Responsável por 29,4% do total, São Paulo é o líder na produção nacional de ovos de galinha. A Bahia respondeu por 1,3% do total em 2018, frente a 1,4% em 2017.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108776 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]