Vereador pede colaboração da população no combate à dengue em Feira de Santana

Luiz Augusto (Lulinha): a Prefeitura tem feito tudo para eliminar os focos dos mosquitos, mas precisamos da ajuda de vocês.
Luiz Augusto (Lulinha): a Prefeitura tem feito tudo para eliminar os focos dos mosquitos, mas precisamos da ajuda de vocês.
Luiz Augusto (Lulinha): a Prefeitura tem feito tudo para eliminar os focos dos mosquitos, mas precisamos da ajuda de vocês.
Luiz Augusto (Lulinha): a Prefeitura tem feito tudo para eliminar os focos dos mosquitos, mas precisamos da ajuda de vocês.

O aumento dos casos de dengue no município tem preocupado o vereador e líder governista Luiz Augusto de Jesus, popularmente conhecido como Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM). Na manhã desta terça-feira (05/02/2019), em discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil pediu à população que evite deixar água parada. “Dengue é algo sério. A Prefeitura tem feito tudo para eliminar os focos dos mosquitos, mas precisamos da ajuda de vocês. Não deixem água parada”, convocou.

De acordo com o democrata, a Secretaria Municipal de Saúde tem desenvolvido ações estratégicas nas localidades com maior incidência da doença em Feira de Santana. “Feira está com 368 casos suspeitos de dengue notificados e 61 desses confirmados. São números alarmantes”, ele também informou que o prefeito Colbert Martins Filho enviou uma equipe de agentes de combate a endemias ao distrito da Matinha, área que teve 67 casos notificados.

Por fim, Lulinha incentivou a doação de sangue e pediu ajuda para a paciente Maria Cristina de Jesus, que se encontra internada com suspeita de dengue no Hospital Emec e necessita de doação de sangue. “Quem puder doar, dirija-se ao prédio da IHEF. Essa pessoa precisa muito de ajuda”, concluiu.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110948 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]