Vereador parabeniza médica por implantar residência médica no Hospital Inácia Pinto dos Santos, em Feira de Santana

Aldney Bastos (Neinha): quando o Hospital Geral Clériston Andrade perdeu a residência médica em ginecologia, perdeu a referência de obstetrícia em Feira, regrediu, Feira ficou desprovida desta assistência.
Aldney Bastos (Neinha): quando o Hospital Geral Clériston Andrade perdeu a residência médica em ginecologia, perdeu a referência de obstetrícia em Feira, regrediu, Feira ficou desprovida desta assistência.
Aldney Bastos (Neinha): quando o Hospital Geral Clériston Andrade perdeu a residência médica em ginecologia, perdeu a referência de obstetrícia em Feira, regrediu, Feira ficou desprovida desta assistência.
Aldney Bastos (Neinha): quando o Hospital Geral Clériston Andrade perdeu a residência médica em ginecologia, perdeu a referência de obstetrícia em Feira, regrediu, Feira ficou desprovida desta assistência.

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira (19/02/2019), na Câmara Municipal de Feira de Santana, a vereadora Aldney Bastos Marques (Neinha, PTB) agradeceu a Deus pelas vidas presentes na sessão e elogiou a médica Márcia Suely pela implantação da residência médica no Hospital Inácia Pinto dos Santos, conhecido como Hospital da Mulher.

“Hoje preciso trazer um assunto importante. Quero dizer que, quando o Hospital Geral Clériston Andrade perdeu a residência médica em ginecologia, perdeu a referência de obstetrícia em Feira, regrediu, Feira ficou desprovida desta assistência. Nossa cidade recebia estudantes de medicina e isso foi perdido”, pontuou Neinha.

A vereadora agradeceu a atitude da médica Márcia Suely por ter conseguido implantar a residência médica no Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher. “Nesta manhã quero chamar a atenção do prefeito e louvar a Deus pela vida de uma mulher que conseguiu credenciar o Hospital da Mulher para residências médicas. Doutora Márcia Suely tem feito um trabalho belo e louvável naquela unidade hospitalar. Parabéns ao Jornal Folha do Estado por trazer esta matéria”, parabenizou.

Para a edil, os alunos precisam da residência. “E isso, em nossa cidade, está sendo feito pelo Município. Isso é querer, é tirar do papel, foi isso que Márcia fez, ela foi e voltou, lutou e conseguiu a residência. Fica aqui minha gratidão por esta mulher, que tem carinho e respeito pela população”, disse.

E continuou. “Meu muito obrigada a todas que estão à frente do Hospital da Mulher e cheguei para dizer que o olho de Neinha está para os pobres e não vou deixar de fazer isso, pois é um direito nosso que precisa ser respeitado. Feira hoje tem perecido em relação à saúde, perdeu muito por não oferecer até mesmo exames simples, como tomografia. Saúde precisa de ação e atitude para ontem”, observou.

Para finalizar, Neinha ressaltou que o povo está sofrendo e não precisa fazer política para mostrar isso. “Têm pacientes que precisam de cirurgia e não tem onde fazer. Nossa cidade precisa de um olhar diferenciado, precisa de um hospital porque a população está sofrendo. São muitas pessoas morrendo porque não têm assistência médica”, findou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109862 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]