Vereador defende permanência do nome da professora Celita França da Silva em logradouro do Bairro Papagaio, em Feira de Santana

Requerimento de nº 043/19, de autoria do vereador Roberto Tourinho, que defende a permanência do nome da professora Celita França da Silva na antiga estrada do Bairro Papagaio.
Requerimento de nº 043/19, de autoria do vereador Roberto Tourinho, que defende a permanência do nome da professora Celita França da Silva na antiga estrada do Bairro Papagaio.
Requerimento de nº 043/19, de autoria do vereador Roberto Tourinho, que defende a permanência do nome da professora Celita França da Silva na antiga estrada do Bairro Papagaio.
Requerimento de nº 043/19, de autoria do vereador Roberto Tourinho, que defende a permanência do nome da professora Celita França da Silva na antiga estrada do Bairro Papagaio.

Na manhã desta terça-feira (26/02/2019), a Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou, em discussão única e por unanimidade dos presentes, o Requerimento de nº 043/19, de autoria do vereador Roberto Tourinho (PV), que defende a permanência do nome da professora Celita França da Silva na antiga estrada do Bairro Papagaio.

Na referida proposição, o edil informa ter sido procurado por moradores da antiga estrada do Papagaio, que relataram uma situação, que, segundo ele, necessita ser corrigido pela Administração Municipal.

“Em 5 de setembro de 1984, o então Prefeito José Falcão da Silva prestou uma justa e merecida homenagem nomeando avenida Celita França da Silva o cesso ao Centro Diocesano de Feira de Santana, conhecido como a antiga estrada do Papagaio, compreendendo o trecho entre a BR-116 e aquele Centro, Lei 957/84. Causou estranhamento o Poder Executivo Municipal ter encaminhado o Projeto de Lei n° 66/2018 denominando rua Rubens Francisco Dias, antiga estrada do Papagaio, iniciando BR-116 Norte até a entrada do povoado de Santa Quitéria, sendo aprovado, tornando-se Lei nº 3.832 em 04 de maio de 2018”, informa.

Ele acrescenta: “não obstante a justa homenagem que buscou prestar o chefe do Poder Executivo, com a Lei nº 3.832/2018, observa-se que a citada Lei comete grande injustiça em retirar o nome de uma consagrada educadora e personalidade de muito respeito na comunidade, além de contrariar moradores da citada avenida com o nome por demais conhecida”

Partindo desse pressuposto, Roberto Tourinho solicita do prefeito Colbert Martins da Silva as seguintes informações

“A Lei nº 3.832/2018 pretende revogar a Lei nº 957/84, que denominou a citada avenida Professora Celita França da Silva? O Município tinha conhecimento da existência da Lei nº 957/84? Tomando conhecimento deste episódio e da insatisfação de alguns moradores pela mudança injustificada da nomeação da avenida, quais providências serão adotadas?”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114859 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.