Salvador: Morre ex-secretário estadual do Turismo Paulo Gaudenzi; Confira notas de pesar

Paulo Renato Dantas Gaudenzi
Paulo Renato Dantas Gaudenzi fale aos 74 anos.
Paulo Renato Dantas Gaudenzi
Paulo Renato Dantas Gaudenzi fale aos 74 anos.

Paulo Renato Dantas Gaudenzi, 74 anos, faleceu nesta tarde de segunda-feira (04/02/2019), em Salvador, em decorrência de infecção generalizada. Economista, empresário, ex-secretário e especialista no segmento turístico, Paulo Gaudenzi deixa três filhos.

Notas

No Twitter, governador Rui Costa lamenta morte de Paulo Gaudenzi

O governador Rui Costa, por meio do seu perfil oficial no Twitter (@costa_rui), lamentou a morte de Paulo Gaudenzi em mensagem publicada na noite desta segunda-feira (4). “Perdemos hoje um dos grandes profissionais do turismo da Bahia. Paulo Gaudenzi trabalhou intensamente, por muito anos, divulgando nosso estado nos quatro cantos do mundo. Meu muito obrigado ao ex-secretário de turismo do Estado que tanto se dedicou ao setor. Que Deus conforte o coração de amigos e familiares”, escreveu o governador na rede social.

SETUR Bahia emite nota de pesar pelo falecimento de Paulo Gaudenzi

A Secretaria do Turismo da Bahia manifesta pesar pelo falecimento, ocorrido nesta segunda-feira (04), do ex-secretário estadual da Cultura e Turismo, economista Paulo Gaudenzi.

Ex-presidente da Bahiatursa, Gaudenzi comandou o Salvador Destination e mais recentemente passou a exercer as funções de vice-presidente de relações institucionais dessa entidade de fomento ao turismo, na capital baiana.

Um dos principais líderes do segmento turístico brasileiro, Paulo Gaudenzi formulou políticas de desenvolvimento do setor, influenciou a expansão de atividades turísticas nos segmentos público e privado e contribuiu para a internacionalização da Bahia.

Gaudenzi deixa três filhos, familiares e amigos aos quais a Setur manifesta plena solidariedade pela perda irreparável.

José Alves, Secretário do Turismo da Bahia

Benedito Braga, Subsecretário do Turismo da Bahia

Presidente da Fundação Gregório de Mattos lamenta

Para Fernando Guerreiro, presidente da Fundação Gregório de Mattos, Paulo Gaudenzi era “um homem de extrema sensibilidade e competência. Sempre aberto às novidades, tratou a cultura com respeito e inteligência. Fomos grandes amigos! Ele sempre atendia os artistas e os recebia como parceiros, estando à frente de grandes projetos para a área. Perda irreparável , luto nas artes e cultura.”

Deputado Alex Lima registra passamento 

Nesta segunda-feira (04), o deputado estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Alex Lima (PSB), usou as redes sociais para lamentar a morte do ex-secretário de Turismo, Paulo Gaudenzi. “Com profunda tristeza recebi a notícia do falecimento do ex-secretário de Cultura e Turismo do Estado, Paulo Gaudenzi. Toda minha solidariedade aos familiares e que Deus conforte os corações de todos”, disse o socialista. Além de secretário, Gaudenzi foi presidente da Bahiatursa, do Salvador Destination e consultor de governos estaduais e municípios. “Sem dúvidas, um grande homem que muito contribuiu para o turismo da Bahia”, completou.

Prefeito ACM Neto lamenta a morte de Paulo Gaudenzi

O prefeito ACM Neto lamentou nesta segunda-feira (4) a morte do ex-secretário e empresário Paulo Gaudenzi. “Referência no Brasil no segmento turístico, Paulo Gaudenzi sempre teve uma relação carinhosa com a minha família, especialmente com meu avô, o senador Antonio Carlos Magalhães”, disse o prefeito. ACM Neto afirmou também que o trabalho de Paulo Gaudenzi à frente da Bahiatursa contribuiu muito para projetar a Bahia no Brasil e no mundo. “Ele (Paulo Gaudenzi) foi um inovador, sempre dedicado às causas do nosso Estado. Aos familiares e amigos de Paulo Gaudenzi, os meus sentimentos. Que Deus dê forças a todos neste momento de profunda tristeza”.

Homenagem póstuma à Paulo Gaudenzi

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Nelson Leal, quebrou o protocolo da Sessão Solene de abertura 19ª Legislatura ao pedir um minuto de silêncio em homenagem ao ex-presidente da Bahiatursa e ex-secretário de Cultura e Turismo, o economista Paulo Gaudenzi. O gesto foi aplaudido de pé por todos. “Paulo Gaudenzi simboliza a profissionalização do turismo na Bahia e, também, no Brasil. Além de uma inteligência brilhante, era um homem culto, apaixonado pelas artes, pela música, pela dança, pelas artes plásticas. Além da exuberante beleza natural da Bahia, Gaudenzi ‘vendeu’ muito bem a nossa cultura sincrética e da diversidade”, exalta o presidente Leal, que hoje mesmo já apresentou uma Moção de Pesar pelo passamento do ex-secretário, que deixa três filhos.

Leur Lomanto Jr diz que trabalho de Gaudenzi elevou o turismo e a cultura da baianidade; Deputado apresenta Moção de pesar na Câmara Federal

O deputado federal Leur Lomanto Jr  (DEM) ao lamentar o falecimento do ex-secretário estadual de  Cultura e Turismo, Paulo Gaudenzi, destacou o trabalho do especialista no segmento turístico ao promover a Bahia no mundo. O parlamentar com formação em Turismo apresentou na Câmara dos Deputados, uma moção de pesar pela morte do empresário.

“Paulo Gaudenzi revolucionou o turismo, em sua passagem pela gestão pública e teve grandes iniciativas também no setor privado, sendo um incansável idealizador das políticas de investimento no turismo. Soube explorar muito bem os símbolos da nossa baianidade, levando esses valores culturais para o mundo. Essa referência o tornou inesquecível para todos que acompanharam o seu trabalho”, afirmou.

Leur Jr lembra que Gaudenzi proferiu mais de 150 conferências e palestras no País e no mundo. Desde 2007, quando saiu da gestão estadual, o ex-secretário prestava serviço de consultoria para empresas e órgãos dos governos. Em 2010, foi responsável por realizar o Plano Emergencial de Turismo para Fortaleza. Fundou e se tornou presidente do Salvador Destination, empresa responsável pela fomentação de eventos na capital baiana e atualmente era o VP de Relações Institucionais do Salvador Destinations. “Lamento o seu falecimento e  transmito minha solidariedade aos seus familiares e amigos”, finalizou.

O adeus a Paulo Gaudenzi: Domingos Leonelli escreve para o amigo e colega no trabalho pelo Turismo na Bahia. Gaudenzi faleceu ontem, dia 04 de fevereiro, aos 74 anos.

Adeus, companheiro professor

Quando, em 2007, assumi a Secretaria de Turismo da Bahia, na minha primeira entrevista ao jornal A Tarde, referi-me a Paulo Gaudenzi como “meu professor de turismo”. E, apesar de alguns narizes torcidos, mantive minha atitude de absoluta admiração e grande carinho pelo pioneiro em políticas públicas para o turismo da Bahia para o Brasil.

Sob a direção de Paulo, iniciou-se, na Bahia, um dos primeiros planejamentos turísticos do Brasil, a partir da ideias gerais da equipe de Rômulo Almeida. Depois, Paulo Gaudenzi dirigiu a Cultura e o Turismo por mais de 20 anos, como secretário e presidente da Bahiatursa, realizando o que chamei de “o segundo grande salto do turismo baiano”. ACM teve a clarividência de nomeá-lo e prestigiá-lo sempre.

Em 2008, Paulo recebeu, de minhas mãos, o Troféu Axe de Turismo (desenhado por Eliana Kertesz), uma homenagem prestada pela Bahiatursa – à época presidida por Emília Salvador Silva – às maiores figuras do turismo da Bahia.

Sempre que nos encontrávamos, beijávamo -nos na face ao estilo italiano do qual somos descendentes.

Ciao, paesano. Bacione.

Domingos Leonelli

Sobre Carlos Augusto 9456 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).