Procedimento de equipe do SAMU de Feira de Santana que levou corpo de industriário para casa da família será apurado

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Fachada do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, em Feira de Santana.
Fachada do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, em Feira de Santana.
Fachada do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, em Feira de Santana.
Fachada do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, em Feira de Santana.

A Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana instaurou uma sindicância para apurar o procedimento de uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) em relação à condução do corpo do industriário Edilberto Lopes Batista, de 51 anos, morto ao ser submetido a endoscopia, em uma clínica particular da cidade, para a residência da família.

A comissão de sindicância é formada por cinco pessoas integrantes da Secretaria de Saúde e tem prazo de 30 dias para apresentar relatório com as conclusões sobre o caso. Familiares do industriário reclamam da atitude da equipe médica, entendendo que o corpo não deveria ter sido levado para a residência – eles acreditam que a morte não foi por “causas naturais”.

O ato administrativo da sindicância pede o afastamento da equipe que esteve na clínica e adotou o procedimento que vem sendo questionado. “Não estamos penalizando ninguém. Por enquanto, há um fato a ser apurado e não se pode afirmar que a conduta tenha sido certa ou errada”, informa a secretária Denise Mascarenhas.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113743 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]