Ministros deixam temporariamente governo para assumir vaga na Câmara dos Deptuados; Foram publicadas no DOU exonerações de Osmar Terra, Onyx e Tereza Cristina

Osmar Terra: o presidente Jair Bolsonaro é o símbolo de um conjunto de propostas que a população está cheia de esperança que aconteçam. Não vai ser o MDB que vai frustrar essa esperança.
Osmar Terra: o presidente Jair Bolsonaro é o símbolo de um conjunto de propostas que a população está cheia de esperança que aconteçam. Não vai ser o MDB que vai frustrar essa esperança.
Ministro Osmar Terra reassume mandato parlamentar.
Ministro Osmar Terra reassume mandato parlamentar.

Três ministros do governo federal deixam os cargos hoje (01/02/2019) para assumir o mandato de deputado federal. As exonerações foram assinadas pelo presidente Jair Bolsonaro, que se recupera de cirurgia no Hospital Albert Einstein, e publicadas no Diário Oficial da União. O ato de tomar posse como parlamentar é uma praxe no país.

Deixarão os cargos hoje Osmar Terra (Cidadania), Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Tereza Cristina (Agricultura).

Depois de tomar posse, pela manhã na Câmara, os três políticos retornam à Esplanada dos Ministérios e seus mandatos são assumidos por suplentes da bancada do partido ou coligação dos estados pelos quais foram eleitos.

Do Rio Grande do Sul, serão substituídos Osmar Terra (MDB) e Onyx Lorenzoni (DEM). Tereza Cristina (DEM) é de Mato Grosso do Sul.

Sobre Carlos Augusto 9717 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).