GNV tem novo reajuste e acumulado já passa dos 10% em 2019; Descontrole orçamentário do Governo Bolsonaro penaliza sociedade

Veículo é abastecido com Gás Natural Veicular (GNV).
Governo Bolsonaro penaliza sociedade com aumento dos preços controlados dos combustíveis.

O Sindicato do Comércio de Combustíveis, Energia Alternativa e Lojas de Conveniência do Estado da Bahia (Sindicombustíveis Bahia) informa que a Bahiagás reajustou a tabela tarifária do Gás Natural Veicular (GNV) em 1,64% com vigência imediata. O último reajuste foi feito em 12 de janeiro no percentual de 8,51%. O total do aumento em 2019 é de R$ 10,29%.

O reajuste para revendedores foi autorizado pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações da Bahia (Agerba).

Para o presidente do sindicato, Walter Tannus Freitas, é importante que os consumidores, principalmente os taxistas e motoristas de aplicativos, estejam informados da origem dos aumentos de forma transparente.

O Sindicombustíveis Bahia salienta que as alterações no preço dos combustíveis são de responsabilidade de cada revendedor. O mercado é livre e competitivo, cabendo a cada empresário decidir o valor que irá cobrar. O sindicato não interfere no mercado e respeita a livre concorrência.

Aumento de preços controlados

A política recessiva do Governo Bolsonaro provoca redução da arrecadação e, como forma compensatória, são aumentados os preços controlados pelo Estado, o que provoca o empobrecimento da classe trabalhadora.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111111 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]