Espetáculo Solo ‘O Avô e o Rio’, com Israel Barreto em cartaz em Salvador

Cena do espetáculo 'O Avô e o Rio'.
Cena do espetáculo 'O Avô e o Rio'.

Após o sucesso das primeiras semanas, com casa cheia todos os dias, o espetáculo O Avô e o Rio, inspirado no conto homônimo escrito pelo baiano Aleilton Fonseca – membro da Academia de Letras da Bahia, ganhou mais duas semanas em cartaz, com a temporada estendida para os dias 5, 6, 12 e 13 de fevereiro de 2019, às 20 horas. A montagem é o primeiro solo do ator Israel Barreto, integrante d’A Outra Companhia de Teatro, e ocorre na Casa d’A Outra – no Bairro do Politeama, em Salvador.

O Avô e o Rio têm direção e adaptação dramatúrgica de Roquildes Junior e versa sobre a relação de um rapaz com o avô e o rio que margeia a casa onde vivem. Como o movimento das marés, o narrador-personagem mergulha fundo nas questões e entranhas da sua biografia – a morte da mãe, acompanha a batalha diária do avô para aterrar o rio, etc.

O rio é rito de passagem, metáfora para contar uma convivência marcada por ensinamentos, respeito, de amor mútuo, ainda que em muitos momentos falte o afago. Ao mesmo tempo, a peça nos leva na interferência do homem na natureza: a transposição dos rios; o desmatamento das vegetações às margens dos rios; a subsistência das populações ribeirinhas.

“Em O Avô e o Rio vemos uma relação forte entre esses dois personagens e isso me aproximou do texto desde que li enquanto ainda era estudante de letras e pesquisador da obra do professor Aleilton Fonseca. Esse texto transcreve uma relação que tive com meu avô, que me contava histórias e tinha um amor grande por mim e eu por ele”, recorda Roquildes Júnior, que apresentou o texto a Israel Barreto e decidiram encená-lo.

Israel conta que, em 2017, enquanto circulava com A Outra Companhia pelo Palco Giratório do Sesc, com os espetáculos Ruína de Anjos e O Que De Você Ficou em Mim, Roquildes Júnior apresentou o livro Jaú dos Bois, do Aleilton Fonseca e o pediu que olhasse com carinho ao conto O Avô e O Rio.

“Fiquei encantado na primeira leitura. Esse conto fala de determinação, de coragem e de saudade. Daí Roque fez o desafio: Vamos montá-lo?! Não pensei duas vezes e aceitei o convite”, relembra o ator, ao acrescentar que que o espetáculo marca sua trajetória de 10 anos como profissional de teatro.

A montagem tem a direção musical assinada por Roberto Cândido e é ambientada em canções com ambiente ribeirinho que transportam o espectador para um universo interiorano. A visualidade terrosa concebida por Luiz Buranga – responsável pela iluminação, cenário, figurino e maquiagem – nos conduzem a adentrar a casa, o quintal, o rio e todo ambiente ribeirinho cheio de metáforas.

Ficha técnica – O Avô e O Rio

Baseado no Conte de Aleilton Fonseca

Ator – Israel Barretto

Direção e adaptação dramatúrgica- Roquildes Jr.

Direção musical – Roberto Cândido

Cenário, figurino e iluminação – Luiz Buranga

Produção Executiva – Eddy Veríssimo

Fotos – Anderson Moreira

Realização – A Outra Companhia de Teatro

Agenda

O quê: O Avô e o Rio – um solo com Israel Barreto

Quando: 5, 6, 12 e 13 de fevereiro, às 20 horas

Onde: Casa d’A Outra – Centro Comercial Politeama, Rua Politeama de Cima, n°114

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116562 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.