Em reunião com núcleo dirigente da Rede Escolar da Bahia, governador Rui Costa alinha planejamento de ações para o período 2019-2022

Governador Rui Costa, secretario Jerônimo Rodrigues e membros do núcleo dirigente da Rede Escolar do Estado da Bahia debatem planejamento 2019-2022.Governador Rui Costa, secretario Jerônimo Rodrigues e membros do núcleo dirigente da Rede Escolar do Estado da Bahia debatem planejamento 2019-2022.
Governador Rui Costa, secretario Jerônimo Rodrigues e membros do núcleo dirigente da Rede Escolar do Estado da Bahia debatem planejamento 2019-2022.

Governador Rui Costa, secretario Jerônimo Rodrigues e membros do núcleo dirigente da Rede Escolar do Estado da Bahia debatem planejamento 2019-2022.

Governador Rui Costa e o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, e com o núcleo dirigente da Rede Escolar do Estado, para alinhar o planejamento das ações concretas para o período 2019-2022. As ações incluem melhoria da infraestrutura e fortalecimento do processo de formação de professores e coordenadores.

Segundo o secretário Jerônimo, entre as obras previstas nas unidades escolares estão qualificações e melhorias que incluem quadras cobertas, piscinas semiolímpicas, bibliotecas, espaços pedagógicos, laboratórios, auditórios, especialmente nas de maior porte. “Também estamos verificando quais escolas estão com ausência de professores e coordenadores pedagógicos”.

Jerônimo destacou ainda que está sendo iniciada uma ação firme de formação de professores, coordenadores pedagógicos, diretores e vices, inclusive dos profissionais que trabalham na alimentação escolar e das lideranças estudantis. “A ideia é que possamos fazer uma grande mobilização no entorno da qualidade da autoestima de todos os envolvidos e da qualidade da aprendizagem dos nossos alunos”.

Jerônimo também ressaltou que o número de Escolas Culturais previsto no atual planejamento, de 120 em todo o estado, deve ser ampliado. “E temos ainda uma demanda colocada pelo governador ao longo dos tempos que é o reforço e a ampliação das Escolas Culturais, que foram lançadas no governo passado e já são 85 implantadas. Também queremos investir nos Jogos Estudantis, junto com uma grande movimentação para que a comunidade escolar possa cuidar bem da nossa escola”.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).