Carnaval 2019 vai movimentar R$ 1,8 bilhão na economia de Salvador

Vista aérea do carnaval 2018 de Salvador.
Vista aérea do carnaval 2018 de Salvador.
Vista aérea do carnaval 2018 de Salvador.
Vista aérea do carnaval 2018 de Salvador.

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SECULT), juntamente com os setores de hotelaria, bares e restaurantes, estimam que os turistas que irão curtir o Carnaval de Salvador gastarão em torno de R$ 1,8 bilhão nos oito dias de festa. Individualmente, quem costuma desembolsar mais no período são os turistas de outros estados brasileiros, numa média de R$ 5 mil por pessoa, seguido dos estrangeiros, com R$ 3,3 mil e, enfim, baianos, com R$ 1,8 mil durante a folia. Os números apontam para um crescimento de 3,3% na movimentação econômica, em relação ao ano passado.

No campo econômico, já é possível perceber grande movimentação nos setores de bares, restaurantes e hotelaria. A expectativa dos hotéis, por exemplo, é uma taxa de ocupação de 98%, sendo 100% nos estabelecimentos próximos aos circuitos do Carnaval.

Também é esperada a presença de visitantes que se hospedam em casas de parentes e aqueles que alugam imóveis para a temporada. Toda essa movimentação impacta significativamente na geração de emprego. De acordo com o secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco (Secult), o Carnaval de Salvador deve seguir com números altos também neste quesito.

“Nosso acompanhamento periódico nos leva a crer que teremos um Carnaval com muita gente na rua. Em 2018, todo o trabalho envolvendo montagem e desmontagem de estruturas, ações durante a festa e tudo que é feito após a folia, foi responsável pela geração de 250 mil empregos, média que pretendemos manter este ano”, destaca Tinoco.

Ainda no campo dos recursos humanos, a Prefeitura ofereceu 388 vagas para processo seletivo em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), visando aumentar o efetivo para trabalhar exclusivamente durante a folia. Desses, 120 para função de educador na Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), 206 para as funções de coordenador de unidade, supervisor e educador social na Secretaria Municipal de Política para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) e outras 12 oportunidades voltadas para engenheiros civis que atuarão pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). As inscrições foram encerradas no dia 22 de janeiro.

Otimista, o setor de comercialização de alimentos e bebidas prevê aumento nas vendas de 8% a 10% em relação ao ano passado, conforme explica o presidente Executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Luiz Henrique do Amaral.

“Durante o Carnaval, o segmento de bares e restaurantes contempla situações distintas em Salvador. Enquanto alguns comerciantes têm atividades limitadas, outros, mais integrados aos circuitos da folia e sem impedimento de localização e funcionamento, faturam de maneira expressiva, proporcionando saldo positivo para toda a cadeia produtiva. De uma forma geral, a festa traz benefício para empresários, funcionários e clientes. Isso permite boa movimentação financeira, satisfação do consumidor e geração de emprego e renda para a capital baiana”, diz Amaral.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108703 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]