Brasil ocupa segundo lugar no ranking de desigualdades da América Latina

Rua Sales Barbosa, centro de Feira de Santana, é um exemplo dos elementos estruturais que afetam a sociedade brasileira. População busca alternativas de subsistência, ocupando irregularmente calçadas da cidade.
Rua Sales Barbosa, centro de Feira de Santana, é um exemplo dos elementos estruturais que afetam a sociedade brasileira. População busca alternativas de subsistência, ocupando irregularmente calçadas da cidade.
Rua Sales Barbosa, centro de Feira de Santana, é um exemplo dos elementos estruturais que afetam a sociedade brasileira. População busca alternativas de subsistência, ocupando irregularmente calçadas da cidade.
Rua Sales Barbosa, centro de Feira de Santana, é um exemplo dos elementos estruturais que afetam a sociedade brasileira. População busca alternativas de subsistência, ocupando irregularmente calçadas da cidade.

A América Latina é a região mais desigual do mundo, sendo o Brasil o segundo na região e o nono em nível mundial. “A desigualdade tornou-se uma característica histórica e estrutural de nossas sociedades. A condição étnico-racial, de gênero, de origem socioeconômica e geográfica são fatores fortemente associados à persistência e à reprodução deste problema”, afirma Margareth Flórez, Diretora Executiva Rede América.

De acordo com ela, a pobreza e a desigualdade na região e no Brasil possuem rostos: são jovens, crianças e mulheres afrodescendentes, indígenas e moradores de zonas rurais. “É urgente avançar rumo à plena garantia dos direitos destes grupos populacionais e incluí-los nas estratégias de desenvolvimento, e não vamos conseguir o objetivo mundial de não deixar ninguém para trás”, destaca.

Para discutir essa realidade e soluções que contribuam para que o Brasil e outros países da América Latina superem essa situação, será realizado em Salvador, dia 21 de março, o XI Fórum Internacional Rede América (FIR 2019).

O evento contará com debates sobre inclusão e diversidade com a presença de especialistas e lideranças de 14 países da região, que se debruçarão sobre esses temas, partilhando experiências, além de conhecimento e boas práticas sobre comunidades sustentáveis. As inscrições já podem ser feitas no site http://fir-redeamerica.org/pt/Registro. O portal traz também todas as atividades da programação.

Cecília Galvani, representante do Bloco Brasil da Rede América, acrescenta que o FIR Salvador 2019 espera gerar uma reflexão sobre as oportunidades e os desafios que a diversidade apresenta às empresas, institutos e fundações para construir, com outros atores, o desenvolvimento sustentável na região.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120449 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.