ALBA: Deputados debate com representantes da BAMIN projeto ‘Pedra de Ferro’

Acompanhado de 28 deputados, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia deputado Nelson Leal, recebeu a diretoria da Bahia Mineração, Bamin, que apresentou os avanços do Projeto Pedra de Ferro.
Acompanhado de 28 deputados, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia deputado Nelson Leal, recebeu a diretoria da Bahia Mineração, Bamin, que apresentou os avanços do Projeto Pedra de Ferro.
Acompanhado de 28 deputados, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia deputado Nelson Leal, recebeu a diretoria da Bahia Mineração, Bamin, que apresentou os avanços do Projeto Pedra de Ferro.
Acompanhado de 28 deputados, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia deputado Nelson Leal, recebeu a diretoria da Bahia Mineração, Bamin, que apresentou os avanços do Projeto Pedra de Ferro.

Acompanhado de 28 deputados, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Nelson Leal, recebeu nesta terça-feira (12/02/2019) a diretoria da Bahia Mineração (BAMIN), que apresentou os avanços do Projeto Pedra de Ferro, nos municípios de Caetité e Pindaí, na região da Serra Geral. Com a mina, a companhia – cujo controle acionário é do Eurasian Resources Group – pretende produzir 18 milhões de toneladas de minério de ferro por ano, ser uma das mineradoras mais modernas do mundo e contribuir para transformar a Bahia no terceiro maior produtor de minério de ferro do Brasil.

“O Pedra de Ferro é um importante projeto para o desenvolvimento da Bahia, principalmente para o Sudoeste baiano, que ainda envolve a construção da Ferrovia Oeste-Leste e o Porto Sul, em Ilhéus. A diretoria da Bamin veio apresentar o seu projeto de barragem para rejeitos, que é diferente das que foram construídas em Minas Gerais, sobretudo a de Mariana, que se rompeu em 2015; e a de Brumadinho, este ano. Foi muito boa a iniciativa, porque é um tema que está na ordem do dia da Assembleia. Precisamos de desenvolvimento, mas, sobretudo, precisamos de garantir a vida”, destacou Leal.

Acompanhado de Daniel Medeiros, gerente-geral de Sustentabilidade e de Cláudio Rezende, coordenador Geotécnico, o diretor do Projeto, Alberto Vieira, fez uma apresentação da barragem por jusante, diferente da de Brumadinho, onde a disposição de rejeitos é feita a montante. No processo a jusante, a contenção é muito mais segura, porque mais resistente à atividade sismológica, e permite a compactação de todo o corpo da barragem.

Sobre Carlos Augusto 9450 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).