Volkswagen AG e Ford Motor Company formalizam aliança global no setor automotivo

CEO da Ford Jim Hackett e Herbert Diess CEO da VW, durante o Salão Detroit 2019.
CEO da Ford Jim Hackett e Herbert Diess CEO da VW, durante o Salão Detroit 2019.
CEO da Ford Jim Hackett e Herbert Diess CEO da VW, durante o Salão Detroit 2019.
CEO da Ford Jim Hackett e Herbert Diess CEO da VW, durante o Salão Detroit 2019.

A Volkswagen AG e a Ford Motor Company anunciaram nesta terça-feira (15/01/2019) o primeiro acordo formal de uma ampla aliança que permitirá às empresas aumentar sua competitividade e atender melhor os consumidores em uma era de rápidas mudanças na indústria.

O CEO da Volkswagen, Dr. Herbert Diess, e o CEO da Ford, Jim Hackett, confirmaram que as empresas pretendem desenvolver vans comerciais e picapes médias para os mercados globais já a partir de 2022. A aliança vai gerar ganhos significativos de escala e eficiência e permitirá a ambas as empresas compartilhar investimentos em arquiteturas de veículos que abrangem diferentes capacidades e tecnologias.

As empresas estimam que a cooperação em vans comerciais e picapes renderá um melhor resultado operacional anual antes dos impostos a partir de 2023.

Além disso, a Volkswagen e a Ford assinaram um memorando de intenções para estudar a colaboração em veículos autônomos, serviços de mobilidade e veículos elétricos e iniciaram o aproveitamento de oportunidades. Ambas as empresas também afirmaram estar abertas a considerar outros programas conjuntos de veículos no futuro. Os seus times continuarão a trabalhar nos detalhes da parceria nos próximos meses.

“Ao longo do tempo, essa aliança vai ajudar ambas as empresas a criar valor e atender as necessidades de nossos clientes e da sociedade”, disse Hackett. “Ela vai não só trazer eficiências importantes e ajudar ambas as empresas a melhorar seu desempenho, mas também nos dará a oportunidade de ajudar a formar a próxima era da mobilidade.”

Diess acrescentou: “A Volkswagen e a Ford vão combinar seus recursos, capacidade de inovação e posições de mercado complementares para melhor atender milhões de consumidores ao redor do mundo. Ao mesmo tempo, a aliança servirá como pilar para a nossa meta de aumento da competitividade.”

A aliança, que não envolve a troca de ações entre as duas empresas, será dirigida por um comitê conjunto. Esse comitê será liderado por Hackett e Diess e incluirá executivos senior de ambas as empresas.

Colaboração em vans comerciais e picapes

Tanto a Ford como a Volkswagen possuem negócios robustos em vans comerciais e picapes ao redor do mundo, com linhas populares como a família Ford Transit e a Ranger, assim como as linhas Transporter, Caddy e Amarok da Volkswagen.

O volume total de veículos comerciais leves das empresas em 2018 somou cerca de 1,2 milhão de unidades globalmente, que poderia representar o maior volume combinado da indústria com o ganho de escala de produção.

A demanda tanto de picapes médias como de vans comerciais tem projeção de crescimento global nos próximos cinco anos. A aliança permitirá às empresas compartilhar custos de desenvolvimento, aproveitar as respectivas capacidades de manufatura, aumentar a capacidade e a competitividade dos seus veículos e ter custos eficientes, mantendo as características distintas de cada marca.

Por meio da aliança, a Ford vai projetar e construir picapes médias para ambas as empresas, que devem chegar ao mercado já em 2022. Para ambas as marcas, a Ford pretende projetar e construir vans comerciais maiores para os consumidores europeus, enquanto a Volkswagen vai desenvolver e construir uma van urbana.

Sobre a aliança

  • A aliança aproveita as vantagens competitivas das duas montadoras globais para melhor competir, inovar e servir aos consumidores
  • A aliança não envolve a troca de ações entre as duas empresas
  • As empresas terão como primeira entrega uma picape média para os consumidores globais, com chegada prevista para 2022, e pretendem dar sequência à parceria com vans comerciais na Europa
  • Os acordos em vans e picapes têm como foco gerar escala e eficiências para ambas as empresas a partir de 2023
  • A Volkswagen e a Ford também estão comprometidas em explorar potenciais parcerias em veículos elétricos, veículos autônomos e serviços de mobilidade

Sobre o Grupo Volkswagen

O Grupo Volkswagen, com sede em Wolfsburg, é um dos principais fabricantes de automóveis do mundo e a maior montadora da Europa. A gama de produtos vai de motocicletas a carros pequenos e veículos de luxo. No setor de veículos comerciais, os produtos incluem desde picapes e ônibus a caminhões pesados. O Grupo opera com 120 unidades de produção em 20 países europeus e mais 11 países nas Américas, Ásia e África. Todos os dias da semana, cerca de 642.292 funcionários em todo o mundo produzem cerca de 44.170 veículos e trabalham em serviços relacionados a veículos ou outros campos de negócios. www.volkswagenag.com.

 Sobre a Ford Motor Company

A Ford Motor Company é uma empresa global com sede em Dearborn, Michigan. A empresa projeta, fabrica, comercializa e fornece serviços a uma linha completa de carros, picapes, SUVs, veículos elétricos e veículos de luxo Lincoln, fornece serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company e está buscando posições de liderança em eletrificação, veículos autônomos e soluções de mobilidade. A Ford emprega aproximadamente 200.000 pessoas em todo o mundo. Para mais informações sobre a Ford, seus produtos e a Ford Motor Credit Company, visite www.corporate.ford.com.

Sobre Carlos Augusto 9404 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).