Serviço de streaming brasileiro ‘Sua Música’ é gratuito e supera audiência do Spotify no Nordeste

Se alguém perguntasse qual é a plataforma de streaming mais popular no Nordeste hoje, provavelmente muitas respostas citariam o Spotify.
Se alguém perguntasse qual é a plataforma de streaming mais popular no Nordeste hoje, provavelmente muitas respostas citariam o Spotify.
Se alguém perguntasse qual é a plataforma de streaming mais popular no Nordeste hoje, provavelmente muitas respostas citariam o Spotify.
Se alguém perguntasse qual é a plataforma de streaming mais popular no Nordeste hoje, provavelmente muitas respostas citariam o Spotify.

Muitos artistas até então desconhecidos do grande público começaram a bombar após veicularem as suas músicas no Sua Música, como a banda Garota Safada, de Wesley Safadão, e Aldair Playboy. E, no geral, o foco do streaming paraibano é exatamente esse.

“Aquele artista cool, indie, pop, com barba ruiva desenhada do sul da França, a gente deixa para o Spotlight”, disse o CEO do Sua Música Rodrigo Amar em entrevista à Folha de S.Paulo.

A estratégia vem dando certo e mesmo muitos artistas veem a plataforma como uma chance de se tornar conhecido e conseguir emplacar uma boa agenda de shows, algo mais rentável para muitos deles do que a simples comercialização de músicas.

“Eu não assino contrato com gravadoras, então tenho que fazer minha própria mídia, colocar a música na boca do povo, porque aí eu faço mais shows, faço com que o prefeito de alguma cidade me conheça”, explica o empresário musical potiguar Elanio Tinôco, que tenta emplacar como hit a música “My Baby”, do grupo baiano Furacão Love.

Apesar do foco em artistas independentes, nomes com projeção nacional na atualidade continuam disponibilizando conteúdo no Sua Música — entre eles estão Cláudia Leitte, Henrique & Juliano e Wesley Safadão, o mais ouvido de 2018 na plataforma.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 107970 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]