Salvador ganha plataforma oficial de mapeamento cartográfico da cidade

Vista aérea do Bairro da Barra, em Salvador.
Vista aérea do Bairro da Barra, em Salvador.
Vista aérea do Bairro da Barra, em Salvador.
Vista aérea do Bairro da Barra, em Salvador.

Está disponível ao público o acesso ao Sistema Cartográfico e Cadastral do Município (SICAD). Desenvolvido pela Prefeitura, o mapeamento oficial da cidade é um projeto pioneiro entre as capitais – com tecnologia de ponta, foi criado a partir de imagens aerofotogramétricas (aéreas e por perfilamento a laser). Com a plataforma, é possível visualizar toda a cidade de Salvador em alta qualidade, ver o mapa geográfico com e sem as vegetações e edificações, além de fazer pesquisa sobre ruas. Também é possível imprimir imagens e medir distâncias.

Todos esses recursos podem auxiliar pesquisas e estudos em diversas áreas do conhecimento, como engenharia, geografia e geologia. Antes, o acesso à plataforma era restrito apenas aos órgãos municipais. O site pode ser acessado no endereço eletrônico cartografia. salvador. ba. gov. br.

“A Prefeitura dá um salto de qualidade, a partir do momento que adota um padrão nacional na geração da sua cartografia e, ainda, disponibiliza para a população uma base oficial de informações, que será progressivamente alimentada por todos os atores participantes do sistema”, explica a analista de planejamento e coordenadora do projeto, Ana Aragão.

O projeto cartográfico já contempla a nova divisão de bairros da cidade, conforme a Lei 9.278/2017. “A demanda por informação geoespacial na sociedade atual tem crescido exponencialmente. Com a gama de geotecnologias existentes no mercado, a produção de dados geoespaciais e a sua distribuição se tornam mais ágeis a cada dia. No entanto, para isso, os dados necessitam ser gerados segundo padrões e especificações técnicas que garantam o compartilhamento, a interoperabilidade (comunicação de forma transparente entre sistemas) e a disseminação destes dados”, completa Ana.

Desenvolvimento – Oriunda do Projeto de Mapeamento Cartográfico, a Cartografia Digital de Salvador está sob a responsabilidade da Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), cujo financiamento foi proveniente do Programa Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos (PMAT). Foi atualizada a partir de aerolevantamento fotogramétrico (drone) e por perfilamento a laser para aquisição das imagens na escala urbana, realizado entre 9 de agosto de 2016 e 13 de fevereiro de 2017. Foram obtidas 4.111 fotos que, após processamento, resultaram em 1.992 folhas articuladas referenciadas ao Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas (SIRGAS 2000).

O levantamento aerofotogramétrico abrangeu toda a região continental e insular do município e gerou ortofotos digitais e adensamento da Rede de Referência Cadastral. Está em fase de produção o Conjunto de Dados Geoespaciais Vetoriais (CDGV), que consistirá no Banco de Dados Geográficos (BDG), inédito para os municípios, seguindo as normas de estruturação de dados nacionais ET-EDGV. O mapeamento cartográfico é o primeiro e principal passo para construir um cadastro multifinalitário que servirá como referência para diversos órgãos e secretarias.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108947 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]